Fluminense é favorito contra o Criciúma na abertura da Primeira Liga; veja prognósticos

Eu mal posso acreditar, amigo internauta: depois de mais de um mês sem qualquer movimentação, finalmente o nosso futebol brasileiro voltará a campo nesta terça-feira (24). E a primeira competição oficial a rolar a bola no calendário de 2017 será a Primeira Liga, o campeonato independente que reunirá 15 clubes nacionais e teve toda a sua estrutura refeita para essa temporada, com mais participantes e a desistência de alguns times que participaram do ano de estreia do torneio.

Mas, antes de falarmos de jogos, vale explicar um pouco como ficou essa versão repaginada da Primeira Liga. Atlético Paranaense e Coritiba desistiram do torneio por discordarem da divisão das cotas de televisão. Em compensação, Brasil de Pelotas, Chapecoense, Joinville, Paraná e Londrina serão os estreantes da vez e se juntarão a Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Avaí, Figueirense, Criciúma, Atlético Mineiro, Flamengo, Fluminense e América Mineiro, que disputaram a temporada de estreia deste campeonato.

Estes 15 clubes estão divididos em três grupos com cinco equipes em cada. Serão quatro jogos para cada time, com dois atuando como mandante e dois como visitante. Os dois primeiros e os dois melhores terceiros colocados no geral se classificam para as quartas de finais do torneio, que terá duração mais longa. Ao invés de terminar em abril como em 2016, neste ano a Primeira Liga tem datas previstas para até outubro. Todos os duelos de mata-mata serão realizados em jogo único, incluindo a grande final.

Tudo muito bem explicado? Então vamos ao que interessa! A partida que marca a estreia dessa competição será entre Fluminense e Criciúma. Portanto, utilizaremos este espaço para falar um pouco sobre esse duelo, dar prognósticos sobre o favoritismo, analisar os números nas casas de apostas de acordo com o Oddsshark.com/br e tentar analisar o possível desenrolar do encontro entre o atual campeão da Primeira Liga e o time de Santa Catarina.

Bola rolando

O duelo que abre os trabalhos do campeonato será disputado no Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, na cidade mineira de Juiz de Fora. Como você deve estar por dentro, o nosso lendário Maracanã segue com enormes problemas administrativos e não tem condições de receber qualquer tipo de jogo. Sendo assim, os clubes cariocas continuam tendo que rebolar para encontrar uma casa, mesmo que provisória. Apesar de mandar seu jogo longe do Rio de Janeiro, com certeza a torcida do Flu será maioria em Minas Gerais, portanto, o prejuízo fica apenas no desconforto de não atuar em um campo que os jogadores já conheçam melhor.

O tricolor adquiriu pouquíssimos reforços para aquele elenco que terminou o Brasileirão na 13ª colocação. A principal mudança aconteceu no banco de reservas. Abel Braga assumiu o comando de um clube que tem problemas financeiros declarados e, por isso, não movimentou muito o mercado. Para dentro de campo, as principais novidades serão os equatorianos Orejuela e Sornoza, que fizeram boa campanha com o Independiente del Valle, vice-campeão da Libertadores no ano passado. O experiente lateral direito Lucas também foi trazido e, apesar dos rumores, o meia Gustavo Scarpa acabou ficando – talvez o melhor reforço para o time do Abelão. Além disso, Diego Cavalieri também se recuperou da lesão na coxa e voltará ao gol do Flu.

Se eu tivesse que palpitar agora, diria que não será um ano de grandes glórias para a torcida tricolor, mas o início pode ser com o pé direito. Isso porque do outro lado estará uma equipe que ficou apenas na oitava colocação da Série B no ano passado. O Criciúma também sofre com problemas financeiros e o técnico Deivid ainda aguarda novos reforços para compor o limitado elenco que tem em mãos no momento – a lateral direita, por exemplo, possui apenas um jogador à disposição do treinador.

De acordo com o Oddsshark.com/br, a vitória do Fluminense paga apenas R$ 1,60 por real apostado. E, visto a diferença de elencos, faz sentido. O triunfo dos catarinenses gera R$ 5,25 e o empate paga R$ 3,70 por real investido. Eu diria que, de fato, os cariocas são favoritos, mas esses odds não estão tão proporcionais ao favoritismo que eu sinto. Chega até a dar uma certa vontade em colocar minhas fichas no empate, que traria um retorno bem mais agradável.

Mas vou deixar o lado racional falar mais alto e indico um resultado de 1 a 0 para o Flu em busca de obtermos um retorno melhor. Neste caso, R$ 6,00 por real jogado, ainda segundo o Oddsshark.com/br. E você? O que acha?