Guia de apostas: entenda por que tropeço do Brasil é possível diante da Colômbia

Em um horário absolutamente incomum e bastante ingrato para o trabalhador, a Seleção Brasileira voltará a campo nesta terça-feira (5) diante da Colômbia às 17h30 (horário de Brasília). Portanto, meu caro, já vai preparando a desculpa ou adiantando bastante o trabalho porque é dia de deixar tudo no esquema para aplicar o famoso ‘min acher’ na firma e acompanhar os comandados de Tite rumo a uma campanha história nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Prepare a garganta porque ela vai trabalhar desde cedo nesta semana mais curta por conta do feriado de 7 de setembro e se estiver disposto também reserve um dinheirinho a mais para seguir as dicas do OddsShark.com e mitar nas apostas no futebol.

Atual líder do ranking da Fifa – todos sabemos que isso não vale nada, mas é um dado –, com nove vitórias seguidas nas Eliminatórias e a passagem carimbada para a Rússia, resta ao Brasil apenas utilizar os jogos que ainda faltam na competição para fazer experiências e dar entrosamento ao grupo de jogadores que parece estar praticamente certo na cabeça do técnico Tite. A campanha é tão positiva, mas tão positiva que até mesmo alguns recordes podem ser perseguidos.

Como, por exemplo, o de equipe que conquistou mais pontos nas Eliminatórias desde que o atual modelo de todos contra todos foi implementado. E um deles é superar a Argentina que lutou pela vaga no Mundial de 2002 e alcançou excelentes 43 pontos. Atualmente com 36, os brasileiros precisariam vencer os três jogos restantes para chegar a 45 e ultrapassar a marca dos albicelestes.

Como vem o Brasil?

Mesmo jogando fora de casa, a vitória da Seleção Brasileira não é nada improvável. Tanto é verdade que esse resultado paga R$ 2,42 por real jogado – um número menor que os R$ 3,02 colombianos. Mas o Brasil seria ainda mais favorito se estivesse com sua equipe completíssima para ir até Barranquilla. Não é o caso. O lateral Marcelo está suspenso e será substituído por Filipe Luis. Já o zagueiro Miranda se machucou e Thiago Silva entrará no seu lugar.

As alterações não param por aí. Para fazer testes e dar rodagem a outros atletas do seu grupo de jogadores, Tite esboçou uma equipe sem Gabriel Jesus e Casemiro. Para o lugar do atacante do Manchester City foi colocado o do Liverpool, Firmino. E para a vaga do volante do Real Madrid foi selecionado um volante do City, Fernandinho. É claro que essas mudanças podem afetar um pouco o jeito e a efetividade brasileira, mas o centroavante dos Reds vem voando baixo e o companheiro de Jesus no City é titular absoluto em sua equipe.

Vivendo um momento iluminado e parecendo ter o grupo completamente na sua mão, é muito difícil apostar contra a seleção de Tite. Mesmo a Colômbia sendo a vice-líder e mesmo o jogo sendo em sua casa.

Como vem a Colômbia?

Os colombianos perderam uma chance enorme de encaminhar muito bem a vaga para Copa ao empatar com a lanterna Venezuela na última rodada por 0 a 0. O resultado manteve a equipe na segunda colocação, mas apenas a quatro pontos do Peru, que está em sexto. Com isso, José Pekerman pode ter que apelar para James Rodríguez, que estava machucado e com certeza não estará em sua melhor forma.

O lado bom para o torcedor colombiano é se lembrarmos da partida de ida entre a sua seleção e o Brasil. Mesmo jogando em solo nacional, a Colômbia fez, possivelmente, o jogo mais difícil que Tite enfrentou desde que assumiu a Amarelinha. A vitória veio por apenas 2 a 1 graças a Neymar, o que mostra que o estilo de jogo dos comandados de Pekkerman não favorece o líder das Eliminatórias.

E quem leva?

Considerando que Tite deverá usar a partida para fazer alguns pequenos testes e que a Colômbia jogará diante de sua torcida e com enorme necessidade de vencer, o empate não é uma má possibilidade. Esse resultado, ainda segundo o OddsShark.com, traz R$ 3,26 por real investido. Caso queira uma alternativa a este investimento, a possibilidade de os dois clubes marcarem pode ser interessante. Isso porque o Brasil tem o melhor ataque com 37 gols marcados e a Colômbia com James Rodriguez se torna bastante perigosa. O que acha?

Confira abaixo os odds e horários dos jogos desta terça das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018. Você também pode encontrar mais cotações aqui na Trivela:

Ter (05/09) – 17:00 – Bolívia (4.03) x (1.93) Chile – Empate 3.59

Ter (05/09) – 17:30 – Colômbia (3.02) x (2.42) Brasil – Empate 3.26

Ter (05/09) – 18:00 – Equador (1.58) x (6.07) Peru – Empate 4.01

Ter (05/09) – 20:30 – Argentina (1.08) x (26.53) Venezuela – Empate 12.00

Ter (05/09) – 21:00 – Paraguai (2.75) x (2.65) Uruguai – Empate – 3.27