Lesão não abala status de Neymar, entre os favoritos à artilharia da Copa do Mundo

A Libertadores e a Champions League já estão pegando fogo, mas as apostas de futebol nos anos de Copa do Mundo sempre vão guardar um enorme espaço para os assuntos e as cotações referentes ao Mundial. E um enorme exemplo disso veio nesta semana, com a lesão de Neymar e toda a discussão causada sobre a sua cirurgia. Tê-lo fora de combate é inegavelmente ruim para o Paris Saint-Germain, mas para a Seleção também? Não é o que mostram as casas de apostas.

O site especializado OddsShark.com buscou as cotações para artilheiro da Copa do Mundo e percebeu que a contusão de Neymar não mudou absolutamente nada em sua condição para o Mundial. Ele aparece na segunda colocação na lista dos odds, quase empatado com o primeiro. Se o principal nome do futebol brasileiro terminar a Copa como goleador, o valor de retorno ao apostador é de R$ 11,00 a cada R$ 1,00.

Na lista geral, Neymar aparece atrás só atrás do argentino Lionel Messi. O astro do Barcelona devolve R$ 10,00 a cada R$ 1,00 investido na sua artilharia do torneio, que começa em 15 de junho, na Rússia. Os números levantados pelo OddsShark.com chegam a contrariar a história. Tanto Neymar quanto principalmente Messi não são goleadores de ponta em se tratando de Copas do Mundo.

O brasileiro disputou apenas um Mundial – o de 2014 – e terminou com quatro gols, sem poder alcançar James Rodríguez. O colombiano foi o artilheiro, seguido por Thomas Müller. James balançou as redes seis vezes, mesmo com a Colômbia sendo eliminada nas quartas de final. Müller, que foi até a final, concluiu a competição com cinco gols.

Já Messi tem um currículo ainda mais discreto em se tratando de gols em Copas do Mundo. A de 2014 foi a sua melhor – quatro gols. Mas todos eles na primeira fase, contra Irã, Bósnia e Nigéria. Em 2010, Messi passou em branco, sem marcar um golzinho sequer pela seleção comandada por Diego Armando Maradona. Em 2006, quando era treinado por José Pékerman, que o deixava quase sempre no banco de reservas, ele marcou um único gol, nos 6 a 0 sobre a Sérvia e Montenegro.

O terceiro na lista de favoritos à artilharia na Copa de 2018 é Antoine Griezmann, da França, que paga R$ 15,00 a cada R$ 1,00 investido. Cristiano Ronaldo aparece apenas com a quarta melhor cotação – R$ 15,00, mesmo chegando à Rússia na condição de campeão europeu com a seleção portuguesa. A quinta posição entre os eventuais artilheiros desta Copa é dividida entre o inglês Harry Kane, o belga Romelu Lukaku e o alemão Timo Werner.

É interessante olhar com atenção para Kane, que está arrebentando as redes de tanto fazer gols pelo Tottenham: são 24 em 27 jogos. A Inglaterra deixa desconfianças em relação às últimas competições internacionais. No entanto, o grupo da primeira fase não é tão confiável, com Bélgica, Tunísia e Panamá. Tal chave favorece igualmente a aposta em Lukaku, que também aparece devolvendo R$ 17,00/R$ 1,00.

Já o alemão Werner integra uma seleção com total chance de ir longe nesta Copa. É também por esta caminhada longa que os atacantes alemães têm no passado recente a ponta da artilharia em 2006, com Miroslav Klose, que marcou seis gols, e em 2010, com Thomas Müller, com cinco gols, acompanhado por outros três jogadores – o uruguaio Diego Forlán, o holandês Wesley Sneijder e o espanhol David Villa.

Por fim, duas opções surpreendentes que podem satisfazer os mais arrojados. A primeira delas é Gabriel Jesus, que devolve R$ 21,00/R$ 1,00 caso termine o Mundial como artilheiro. Agora quem quiser uma opção inusitada pode arriscar no argentino Gonzalo Higuaín: R$ 34,00/R$ 1,00.

Os dez primeiros nas cotações para ser artilheiro da Copa do Mundo 2018, segundo o OddsShark.com:

Lionel Messi – R$ 10,00
Neymar – R$ 11,00
Antoine Griezmann – R$ 15,00
Cristiano Ronaldo – R$ 15,00
Harry Kane – R$ 17,00
Timo Werner – R$ 17,00
Romelu Lukaku – R$ 17,00
Gabriel Jesus – R$ 21,00
Alvaro Morata – R$ 21,00
Robert Lewandowski – R$ 26,00

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.