Menos cotado que os favoritos, Cavani e Suárez querem provar força do Uruguai na Copa do Mundo

Em uma Copa do Mundo em que as apostas esportivas estão focadas nos favoritismos de Brasil, França, Alemanha e Argentina ao título, e nas previsões de gols das parcerias de ataque Neymar/Gabriel Jesus, Mbappé/Griezmann, Thomas Müller/Timo Werner e Messi/Aguero, uma seleção tem sido praticamente esquecida. E olha que sua dupla de ataque é a mais letal de todas as 32 seleções do torneio, com 92 gols em 197 partidas representando juntas sua nação. Estamos falando do Uruguai, de Edinson Cavani e Luis Suárez. Apesar de estarem fora do Top 5 dos possíveis goleadores na Rússia, os atacantes surgem como importantes opções de investimento segundo o OddsShark.com, principalmente por jogarem em um grupo acessível. Confira tudo sobre os uruguaios, que estreiam nesta sexta-feira (15 de junho), às 9h, contra o Egito, e que tentam levar a equipe celeste à uma final de Mundial depois de 68 anos.

Mesma origem, mesmo objetivo

“Filhos” de Salto, segunda maior cidade do Uruguai e que está 500 quilômetros de distância da capital Montevidéu, Edinson Cavani e Luis Suárez são aquela típica dupla que apesar de suas carreiras terem tomado rumos diferentes, com o atual camisa 9 do PSG iniciando carreira na Europa por times italianos e o centroavante do Barcelona dando os primeiros passos no Velho Continente em território holandês, o destino sempre os colocou lado a lado na seleção.

Para começar, Cavani e Suárez jogaram o Mundial Sub-20, no Canadá. Soma-se ao torneio de base as Copas de 2010, na qual levaram o seu país ao quarto lugar na África do Sul, e em 2014, parando nas oitavas durante a competição no Brasil. Além disso, há a taça da Copa América de 2011 na Argentina, conquistada depois de cinco edições.

Letais em seus respectivos times, os uruguaios querem provar que a equipe sul-americana não está abaixo dos poderosos vizinhos Brasil e Argentina e que a alta cotação de R$ 29,00 para alcançar o tricampeonato mundial não condiz com a realidade. Para começar, o Uruguai terminou as Eliminatórias Sul-Americanas na segunda posição, apenas atrás da trupe de Tite. Foram nove vitórias em 18 jogos, sendo que a seleção comandada por Óscar Tabárez teve o artilheiro do torneio: Cavani, com 10 gols.

Faros de gol

Para completar, os dois atacantes vêm de importante temporada com o Paris Saint-Germain e Barcelona, respectivamente. Apesar de ter falhado na missão “Liga dos Campeões”, Cavani venceu mais uma vez a Ligue 1, Copa da França e a Copa da Liga Francesa. De quebra, o camisa 9 se isolou na artilharia do clube, com 170 gols. Já Suárez, que é o maior artilheiro da história da seleção com 51 gols, levou o Barcelona a mais um troféu na La Liga. Ele balançou 31 vezes as redes adversárias em 2017/2018.

É por isso que é importante ressaltarmos as cotações da dupla na briga pela artilharia da Copa do Mundo. Apesar de Neymar sair na frente nos odds, com R$ 9,00, Cavani, com R$ 21,00, e Suárez, com R$ 26,00, podem surpreender por conta dos adversários na primeira fase.

O Uruguai está no Grupo A, ao lado da anfitriã Rússia; da candidata a saco de pancadas Arábia Saudita; e do Egito, de Mohamed Salah, goleador do Liverpool e adversário na estreia, nesta sexta (15). Favorito para carimbar a ponta da chave com taxa de R$ 1,66 de acordo com o OddsShark.com, a seleção celeste deposita todas as suas fichas no setor ofensivo para corresponder às expectativas de seu povo.

Redenção

Para Suárez, a Copa na Rússia é uma forma de exorcizar a má imagem deixada nas últimas edições. Primeiro, porque defendeu com as mãos uma bola de Gana que iria para o fundo das redes e que eliminaria o Uruguai na África do Sul. Quatro anos mais tarde, por proporcionar a condenável mordida no zagueiro italiano Chiellini durante o Mundial no Brasil, que culminou em nove jogos de suspensão.

A estreia

Encarando o Egito, do também goleador Salah, na estreia, os sul-americanos são amplos favoritos. Eles têm odds de R$ 1,61, contra R$ 7,00 dos africanos, que não sabem se contarão com a presença da estrela dos Reds, que ainda se recupera de contusão no ombro durante a final da Liga dos Campeões no mês passado.

Caso o “Faraó” fique de fora, as chances dos experientes Cavani e Suárez são ainda maiores. Vale lembrar que 11 dos 23 uruguaios que estarão na Rússia já participaram de pelo menos uma Copa do Mundo. Ou seja, “cancha” não irá faltar.

Confira os odds da 1ª rodada do Grupo A da Copa do Mundo:

14/06 – 12:00 – (R$ 1,44) Rússia x Arábia Saudita (R$ 10,00); empate (R$ 4,40)
15/06 – 09:00 – (R$ 7,00) Egito x Uruguai (R$ 1,61); empate (R$ 3,75)

Confira outros odds do futebol internacional na Trivela.