Mundial de Clubes: Saiba no que investir nas quartas de final

Por Ricardo Jonas

É bem verdade que você, assim como eu, já deve ter um favorito para este Mundial de Clubes da Fifa que começou nessa quinta-feira (8). E, não, não estou falando do Real Madrid. Estou me referindo ao Atlético Nacional, da Colômbia, equipe que ganhou o coração de 10 entre 10 brasileiros com a demonstração espetacular de respeito e irmandade que tiveram com as vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. Tudo bem, este é o clube para o qual a maioria de nós estará torcendo, mas o torneio terá outros vários jogos interessantes e que nos reservam chances para vibrarmos e até colocarmos uma graninha em busca de uma ceia mais recheada neste fim de ano.

Mas vamos ao que viemos. Neste domingo daremos sequência ao campeonato que definirá o melhor clube do mundo, mesmo que ainda sem os dois grandes favoritos – Real Madrid e Atlético Nacional estreiam apenas na próxima fase. Na primeira partida do dia teremos Jeonbuk Motors x América do México. Eu jamais teria a audácia de pedir para você acordar às 5h da manhã (horário de Brasília) para assistir a este “clássico”. Mas se você quiser arriscar a sorte no confronto vale o esforço – qualquer coisa, fica direto da balada. O jogo pode até ganhar mais emoção.

Analisar o favoritismo deste duelo passa pelo simples fato de ter que usar o Google para saber quem é um e não ter que fazer o mesmo para saber do outro. Mas também utilizarei números e, segundo o Oddsshark.com/br, a equipe mexicana é, de fato, a favorita a vencer. Seu triunfo gera um retorno de 2,12 por real apostado, mas neste caso vale aprofundar um pouco mais nas variáveis que existem em uma partida de futebol.

Gigante no continente, será a terceira participação do América no Mundial de Clubes desde que ele é organizado pela Fifa, enquanto que é a primeira vez dos sul-coreanos. Bom, não tem como não ficar do lado dos mexicanos, correto? Sim, mas nunca se esqueça do caso Mazembe, aquele time africano que derrotou Pachuca e Internacional em 2010 para chegar à final.

Pensando que a maioria deve apontar para os mexicanos como vitoriosos, podemos estreitar essa aposta e a minha dica vai para que você invista em bastante gols. Tanto o América quanto o Jeonbuk Motors são equipes ofensivas. Os sul-coreanos tiveram média superior a 2 gols por jogo na Liga dos Campeões da Ásia, enquanto a equipe do México ficou muito próxima disso no seu torneio. Neste caso, eu aposto que teremos mais de 3 gols neste duelo e, se isso acontecer, você leva para casa R$ 3,32 por real apostado, ainda segundo o Oddsshark.com/br – se quiser ousar, mais de 4 gols paga R$ 5,70, mas aí eu não garanto. Para ficar em uma aposta mais segura, invista na possibilidade de que as duas equipes marcam e se contente com odds de 1.70.

O outro jogo das quartas de finais terá Kashima Antlers medindo forças com Mamelodi Sundowns. A tradicional equipe japonesa iniciou o torneio dando um grande susto na torcida local ao derrotar Auckland City com o gol da virada saindo apenas aos 42 minutos do segundo tempo. Mas o susto já foi superado e agora eles têm pela frente os campeões da África.

Mesmo sendo azarão, este que vos escreve crava que o Mamelodi avançará para enfrentar o Atlético Nacional na semi. Não gostei do que vi do Kashima em seu primeiro jogo. A defesa não me parece tão segura e faltou inspiração no ataque – com exceção feita ao primeiro gol, onde houve uma bonita troca de passes. Sendo assim, eu cravo aqui: os africanos calarão a torcida japonesa e vencerão essa peleja. O bom é que só ao apostar nisso você já pode levar para casa R$ 5,10 por real investido. Quer mais o quê, meu camarada?

Kashima dá susto na estreia 

Foi complicada a estreia dos japoneses donos da casa no primeiro jogo do Mundial Interclubes da Fifa. Como já dito, o gol só saiu no finalzinho e, olha, imagina se você tivesse colocado uma grana no fato de que sairiam três gols na etapa final? Porque foi isso que aconteceu e o Oddshark.com/br mostrou que isso trouxe um excelente retorno de R$ 5,35 por real apostado. Só não foi melhor do que quem resolveu dar uma de mestre dos magos e apostou no placar exato de 2 a 1 para o Kashima: este sujeito levou para casa R$ 8,39 por real jogado e estourou a boca do balão.