Mundial Sub-17: Espanha e Inglaterra prometem final equilibrada e de odds quase iguais

O Brasil não resistiu à força da surpreendente Inglaterra e agora vai precisar se contentar com a disputa do terceiro lugar do Mundial Sub-17 que está sendo realizado na Índia. Contrariando as casas de apostas de futebol que davam favoritismo ao Brasil, a Inglaterra ganhou com tranquilidade a semifinal disputada nesta quarta (25) por 3 a 1 e passou para a decisão pela primeira vez na história. E sua rival será uma equipe de tradição nas categorias de base: a Espanha, que venceu Mali pelo mesmo placar nesta quarta (25): um 3 a 1 que já vinha sendo observado pelo site OddsShark.com, referência mundial em apostas, como um dos desfechos mais prováveis.

Tido como grande favorito à taça, tanto pelo título invicto do Sul-Americano quanto pela convincente campanha que vinha fazendo na Índia, o Brasil agora vai precisar concentrar suas forças na disputa pelo terceiro lugar que será levada adiante contra a seleção de Mali às 9h30 (de Brasília) deste sábado (28). O confronto, claro, carece de interesse porque as duas seleções esperavam uma vaga na final. Mas para o Brasil vai ser importante fechar a competição com um pódio que pode ajudar a diminuir a sensação de desgosto gerada com o 3 a 1 imposto pela Inglaterra.

De acordo com as cotações do OddsShark.com, a seleção brasileira é de novo uma grande favorita à vitória, assim como vinha sendo na semi ante os ingleses. O triunfo verde-amarelo está cotado para devolver R$ 1,67 a cada R$ 1,00 investido, contra R$ 4,00 do empate e R$ 4,23 de uma vitória de Mali que passa a ter contornos de zebra, embora tais decisões sejam verdadeiras surpresas porque muitas vezes os treinadores escolhem escalar os reservas para prestigiar a totalidade de seus elencos.

Mesmo com esta ressalva, olhar para uma vitória brasileira como encerramento positivo para esta campanha faz todo o sentido. O time verde-amarelo, afinal, é superior ao de Mali, que chegou a perder até para o Paraguai na estreia da competição. Convém olhar para um 2 a 1 para o Brasil, que devolve R$ 9,00 a cada R$ 1,00 investido. Estaria de ótimo tamanho e sem lamentações por ser uma partida de perdedores de semifinais.

A final, às 12h30 (de Brasília), vai ser entre duas seleções que jamais conquistaram o Mundial Sub-17: Espanha e Inglaterra reeditam a decisão do último Europeu da categoria, conquistado pelos espanhóis nos pênaltis. Convém analisar que a Fúria estará um pouco pressionada pela simples razão de contar com três vices e dois terceiros lugares no Mundial. Depois de tanto bater na trave, há a grande sensação de que agora é a hora de conquistar o mundo entre os adolescentes.

Os ingleses, por sua vez, também surgem com muita força, o que faz desta decisão uma das finais mais equilibradas do ano, ao menos nos odds. Basta ver o que aponta o OddsShark.com: o título da Espanha com vitória no tempo normal pagaria R$ 2,40 a cada R$ 1,00, com a vitória inglesa devolvendo R$ 2,60. Apenas R$ 0,20 de diferença! O empate que também simboliza uma situação fácil de prever, com a partida seguindo para prorrogação, devolve interessantes R$ 3,50 a cada R$ 1,00 investido.

Embora a Inglaterra conte com o impressionante Brewster, carrasco do Brasil e autor de sete gols na competição, artilheiro absoluto do Mundial, é de se imaginar mesmo um empate – que foi, afinal, o desfecho do Europeu da categoria.

Um outro indicativo de como a igualdade pode ser bastante provável é o confronto de oitavas de final que os ingleses fizeram, quando ficaram no 0 a 0 contra o Japão e precisaram dos pênaltis para avançar de fase. Tudo bem: depois disso, eles parecem que encontraram o caminho do gol e não esqueceram mais, pois aplicaram 4 a 1 nos Estados Unidos e 3 a 1 no Brasil. O périplo espanhol pelos mata-matas foi menos sinuoso: 2 a 1 na França (oitavas), 3 a 1 no Irã (quartas) e um novo 3 a 1 diante de Mali na semifinal desta quarta (25).

A decisão das 12h (de Brasília) deste domingo (29) em Calcutá tem valores interessantes a quem resolver cravar o empate. O 0 a 0 rende R$ 7,00, e o valor cai um pouco em caso de igualdade em um gol: o 1 a 1 está cotado em R$ 6,50, com o improvável 2 a 2 rendendo interessantes R$ 9,00 a cada R$ 1,00 investido.

As partidas que fecham o Mundial Sub-17 são:

29/10 – 09:30 – Brasil (R$ 1,67) x Mali (R$ 4,23); empate (R$ 4,00) – Palpite: Brasil

29/10 – 12:30 – Espanha (R$ 2,60) x Inglaterra (R$ 2,40); empate (R$ 3,50) – Palpite: Empate

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.