Poucos gols no jogo do Botafogo e muitos no do Atlético-PR oferecem bons retornos na Libertadores

Chegou o momento mais decisivo até aqui na temporada de Atlético Paranaense e Botafogo. As duas equipes brasileiras que entraram na chamada pré-Libertadores fazem nesta quarta-feira (22) seus jogos derradeiros nesta fase da competição mais importante da América do Sul com a finalidade de conseguir vaga na fase de grupos. Mas em ambos os casos a tarefa está longe de poder ser considerada fácil.

Analisando apenas o resultado em si dos jogos de ida, a missão mais complicada aparenta ser a do Atlético Paranaense. Isso porque o empate em 3 a 3 com o Deportivo Capiatá faz com que os paraguaios tenham assegurados para si uma boa vantagem de poderem se classificar mesmo empatando em 0 a 0, 1 a 1 ou 2 a 2. O 3 a 3 leva a decisão para os pênaltis e de 4 a 4 para cima é o Furacão quem passa. Obviamente, se um dos times vencer, passa o ganhador.

E o vacilo maior, é claro, aconteceu no primeiro jogo. Depois de ter saído na frente, o Atlético Paranaense permitiu o rival virar. Empurrado pela torcida, buscou o 3 a 2 e ainda viu o Capiatá ter um jogador expulso, mas mesmo assim deixou a vitória escapar aos 43 da segunda etapa. Vacilo do Furacão, mas também não dá para tirar os méritos dos paraguaios, que possuem uma equipe vibrante, que gosta de atacar e deixa ser atacada.

Prova maior disso são os números do Deportivo Capiatá até aqui. Estando na Libertadores desde a primeira fase, o time do técnico Diego Gavilán (aquele mesmo, ex-Inter e Grêmio) balançou as redes oito vezes e tomou seis gols em cinco partidas. Nos últimos três jogos o Capiatá marcou sete dos seus oito tentos. Ou seja, jogo corrido e cheio de alternativas é com eles mesmos.

Do lado do Atlético Paranaense, a equipe poderá contar com o retorno do experiente Carlos Alberto. O meia não pôde participar da primeira partida, mas foi muito bem substituído por Felipe Gedoz, que marcou duas vezes. Portanto, essa é a única dúvida do técnico Paulo Autuori, que contará com Nikão, Pablo e Grafite no ataque. O vencedor deste confronto entra para o grupo de Flamengo, San Lorenzo e Universidad Católica.

Palpite: possibilidade de grande número de gols neste confronto. O Deportivo Capiatá já levou de 3 a 1 do Universitario Sucre em casa nesta Libertadores, ou seja, mais esperança para os torcedores do Furacão. De acordo com o Oddsshark.com/br, uma aposta em um duelo com mais de três gols gera retorno de R$ 2,68 por real jogado. Essa pode ser uma boa pedida e vamos ver se o Atlético consegue sair de Capiatá com a vaga na mão.

Fogão também periga

Claro que a situação do Botafogo é um pouco melhor que a do Atlético, já que venceu o primeiro jogo de seu duelo pelo placar mínimo de 1 a 0. Acontece que do outro lado a equipe comandada por Jair Lourenço terá pela frente um time com muito mais história e camisa que é o Olimpia, também do Paraguai. Para complicar um pouco mais, os cariocas não poderão contar com Montillo, que se recuperou da lesão na coxa direita sofrida na partida de ida, mas acabou sentindo a panturrilha e nem viajou com a delegação.

Qualquer empate faz com que os brasileiros avancem e o lado bom de não ter tomado gol em casa é que se balançar a rede dos paraguaios eles já terão que vencer por um saldo de dois gols. Nesse duelo, ao contrário de Capiatá e Atlético, a expectativa é de menos gols. Até porque o Botafogo terá muito cuidado para não se abrir e ter sua defesa vazada. Neste caso, uma investida em uma partida com menos de dois gols é uma possibilidade. O retorno, ainda segundo o Oddsshark.com/br é de R$ 3,27 por real investido.

Quem passar de Botafogo e Olimpia cairá no Grupo 1, com Estudiantes, Barcelona de Guayaquil e Atlético Nacional, atual campeão.

Confira os quatro jogos que definirão e vez a fase de grupos da Taça Libertadores da América (e veja mais odds no Trivela):

22/02 (QUA) – 21H45 – Deportivo Capiatá (2.22) x (3.16) Atlético Paranaense – Empate 3.23

22/02 (QUA) – 21H45 – Olimpia (1.77) x (4.69) Botafogo – Empate 3.28

23/02 (QUI) – 21H00 – The Strongest (1.66) x (5.65) Unión Española – Empate 3.85

23/02 (QUI) – 19H15 – Atlético Tucumán (1.91) x (4.47) Junior Barranquilla – Empate 3.40