Pré-jogo das semifinais da Eurocopa 2016: em quem apostar?

Para tristeza dos amantes do bom futebol, a Eurocopa 2016 se encaminha para o final. Histórias emocionantes, performances memoráveis e show nas arquibancadas. Agora tudo se resume a quatro equipes ainda na briga pelo título. Surpresa do torneio, País de Gales fará um dos duelos da semifinal contra Portugal, que, por incrível que pareça, ainda não venceu no tempo normal. Do outro lado, um embate de dois gigantes. Dona da casa, a França chega embalada após golear a surpreendente Islândia. O time encara a sempre perigosa Alemanha, atual campeã mundial.

A primeira semifinal entre País de Gales e Portugal acontece hoje (06), às 16h, no Stade des Lumieres, em Lyon. Pouquíssimas pessoas imaginavam esse encontro em uma fase tão avançada do torneio. Quem vencer estará a um passo do tão sonhado título. Muito se fala do embate entre as duas estrelas do Real Madrid – Bale e Cristiano Ronaldo -, mas o encontro das duas seleções traz muito mais do que isso.

O jogo é extremamente interessante no mercado de apostas pelo fator Gales. A equipe mostrou muita força ao longo do torneio. Eliminou o bom time da Bélgica com autoridade nas quartas, mas ainda é tratado como azarão no confronto diante dos portugueses. Um triunfo do pequeno país do Reino Unido paga em algumas casas até quatro para um (a melhor delas 4,06).

Não é loucura imaginar País de Gales fazendo história em Lyon. Desde a Suécia, em 1992, um estreante na fase final da Euro não chega em uma semifinal. A equipe pode disputar a primeira final de um torneio importante em sua história. Isso não é pouca coisa.

Mesmo com os destaques individuais de Gareth Bale e Aaron Ramsey, Gales aposta no jogo coletivo. O time foi muito bem armado pelo técnico Chris Coleman. Ramsey levou o segundo cartão amarelo contra a Bélgica e não enfrenta os portugueses, mas Coleman aposta na obediência tática para levar a melhor. Vale lembrar a importância do conjunto no futebol atual: o título do Leicester City na Premiere League e as duas finais de Champions League recentes do Atletico de Madrid mostram isso. O time galês tem um dos melhores ataques da Euro: marcou em dez oportunidades, e sofreu apenas quatro.

Mais do que apostar na fase boa de Gales, é contar com um desempenho ruim de Portugal. Apesar de estar onde está, o time ainda não convenceu ninguém que pode alcançar voos mais altos em solo francês. Os portugueses ainda não venceram nos 90 minutos: três empates na fase de grupos, triunfo na prorrogação contra a Croácia e nos pênaltis contra a Polônia. Se a Euro ainda tivesse o formato de 16 seleções das edições anteriores, Portugal nem passaria para os confrontos de mata-mata. O time de Cristiano Ronaldo ficou em terceiro no seu grupo (atrás de Hungria e Islândia).

A equipe ainda pode ter o desfalque do zagueiro Pepe, que, apesar da fama, é um bom defensor. Levando em conta o pragmatismo do técnico Fernando Santos, é uma baixa e tanto. O esquema tático do treinador lembra o da Grécia em 2004, país em que Santos passou boa parte de sua carreira como treinador.

Essa mentalidade conservadora pode fazer a festa dos apostadores. Portugal empatou todos os jogos no tempo normal até aqui. Se isso voltar a acontecer contra Gales o ganho é de três para um (3,07). Uma vitória portuguesa está com odd de 2,25. Outra excelente opção é apostar no under, ou seja, que o duelo terá menos que um número determinado de gols.  Caso a partida tenha menos de 1,5 gols no tempo normal, o apostador leva 2,25 para cada 1 apostado. Isso aconteceu em 13 dos últimos 25 jogos de Portugal.

Provável Portgual (4-4-2): Rui Patricio, Cedric, Pepe (Ricardo Carvalho), José Fonte e Eliseu; Danilo Pereira, Renato Sanches, João Mario e João Moutinho; Cristiano Ronaldo e Nani

Provável Gales (3-5-2): Hennessey, Collins, Williams e Chester; Gunter, King, Allen, Ledley e  Taylor; Bale e Robson-Kanu

França e Alemanha fazem duelo de gigantes na outra semifinal

Do outro lado da chave, haverá uma batalha de tirar o fôlego na próxima quinta-feira, às 16h, no estádio Velodrome, em Marseille. Jogando muito bem e com o apoio de seu torcedor, a França terá, de longe, o desafio mais difícil na Euro 2016. O time terá pela frente nada menos que a Alemanha, os atuais campeões mundiais. Devido à disparidade de forças nos dois confrontos das semis, não é exagero considerar essa partida como a final antecipada.

As odds chamadas futures mostram isso. Segundo elas, o vencedor do confronto entre alemães e franceses possivelmente levantará o caneco no próximo domingo (10). Uma aposta em título da Alemanha ou da França paga 2,75, ou seja, dez reais apostados rendem 27,50. As chances de Gales e Portugal são bem mais remotas: 4,30 dos portugueses e nove para um dos galeses!

São cinco títulos mundiais (quatro deles da Alemanha) e cinco da Euro (três alemães e dois franceses) em campo. Falando em Copa do Mundo, foi no torneio disputado no Brasil em 2014 o último embate entre as duas seleções em jogos oficiais.  França e Alemanha se encontraram em um Maracanã completamente lotado, em uma das partidas das quartas de final. O zagueiro Hummels abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo de cabeça; Neuer fez duas defesas espetaculares que garantiram a magra vitória por 1 a 0 no Rio de Janeiro.

Manuel Neuer estará em campo contra os franceses, mas Hummels será um dos desfalques do técnico Joachim Löw. O treinador sofreu baixas em pelo menos três posições, e terá que quebrar a cabeça para mudar o time. O zagueiro herói no último confronto diante da França levou o segundo cartão amarelo contra a Itália e cumpre suspensão automática. Lateral direito nos primeiros jogos, Höwedes deve ser deslocado para o miolo da zaga, com Kimmich entrando em seu lugar no lado direito da defesa.

Titular ao longo da competição, o volante Khedira lesionou a coxa esquerda e está fora da semifinal. Schweinsteiger o substituiu contra a Itália, mas o capitão sofre com dores no joelho. Caso não jogue, Emre Can poderá ter uma chance. A outra baixa vem no ataque, já que Mario Gómez com lesão na coxa direita está fora da Euro – e logo quando a equipe encaixou com um jogador de referência lá na frente. Amuleto na final da Copa do Mundo, Mario Götze deve assumir o papel de ‘falso 9’, revezando com Müller na referência.

Mesmo com alguns desfalques, esse elenco continua muito forte. A Alemanha levou apenas um gol na Euro até então (de pênalti). Quem apostar nos atuais campeões mundiais pode faturar até três para um (3,0). Vale a lembrança: na última vez que os alemães encararam a seleção anfitriã em uma semifinal, destruíram o Brasil por 7 a 1 no Mineirão. O empate também paga por volta de 3,0. Já uma vitória francesa está pagando ao apostador um odd de 2,84.

Os comandados de Didier Deschamps são realmente favoritos no confronto? Segundo o banco de apostas, sim. Além de contar com a incrível força de seu torcedor, o time vem de uma goleada por 5 a 2 na fase anterior. Isso sem contar que, ao contrário da Alemanha, o técnico francês não tem nenhum desfalque por suspensão ou lesão. Rami e Kanté retornam de suspensão automática e reforçam a equipe. O zagueiro voltará ao seu posto de titular no lugar de Umtiti. Já Kanté pode perder a vaga para Sissoko. O meia do Newcastle foi muito bem na goleada contra a Islândia.

Provável Alemanha (4-2-3-1): Neuer, Kimmich, Boateng, Howedes, Hector;  Schweinsteiger (Can) e Kroos; Draxler, Özil e Götze; Müller

Provável França (4-2-3-1 ou 4-3-3): Lloris, Sagna, Rami, Koscielny e Evra; Matuidi, Kanté (Sissoko) e Pogba; Payet, Griezmann e Giroud

Veja mais notícias e probabilidades no site da ODDSSHARK.