Quem tira o título do PSV no Holanda? Confira as cotações das casas de apostas

Em um torneio em que Ajax e PSV Eindhoven mostram a cada temporada que dominam o país, com seis títulos nas últimas sete edições, o Campeonato Holandês de 2017/2018 vai dando a lógica. Líder da competição após 23 rodadas, o PSV dirigido por Philip Cocu é o principal candidato ao título, seja pela vantagem de sete pontos para os rivais da capital Amsterdã, ou pelas cotações das apostas de futebol do OddsShark.com, que pagam R$ 2,25 para cada real investido. Confira os odds da reta final da Eredivisie.

Com categoria

Apesar de algumas derrapadas, como a derrota por 3 a 0 para o Ajax em dezembro passado, o PSV vai ditando o ritmo na Holanda. Depois daquela partida, o time de Eindhoven não deixou mais a peteca cair e acumula uma série de oito jogos de invencibilidade, com sete vitórias consecutivas. Assim, tem evitado a ofensiva do Ajax, que ganhou os últimos cinco jogos.

Uma das estrelas da campanha é o garoto Hirving Lozano. Aos 22 anos, o mexicano ex-Pachuca chegou no início da temporada e já despontou. O faro de goleador o coloca na artilharia da competição com 13 tentos. Além da tranquilidade na hora de finalizar, Chucky, como é conhecido a revelação, é daqueles atacantes que também sabem ser generosos, contribuindo para seis assistências. Ele é o líder do clube neste quesito.

Assim, o PSV tenta diminuir a dinastia do Ajax na Eredivisie. Apesar da desvantagem de 10 títulos ao longo da história, os camponeses têm sido um rival à altura ao longo dos últimos anos. A equipe de Eindhoven venceu oito torneios nacionais desde os anos 2000, contra seis do time de Amsterdã.

Caça com arma brasileira

Como já dissemos, o Ajax é o maior campeão da Holanda. São 33 conquistas nacionais e quatro Champions League. Apesar da queda de rendimento – também em função da diferença de investimento financeiro comparado aos grandes de outras ligas como Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United e Manchester City – na competição continental, já que o último título europeu foi em 1994/1995, o clube continua como a principal força em seu país. Foi o último, por exemplo, a alcançar um tetracampeonato consecutivo na Holanda: 2011 a 2014. Porém, o “jejum” de três temporadas, o que podemos chamar de incomum para o maior vencedor holandês, já mexe com os ânimos do clube.

Depois da queda do técnico Marcel Keiser, que teve como principal motivo a eliminação precoce para o Twente nas oitavas de final da Copa da Holanda, o clube parece ter despertado. Com passagem pelo Utrecht nas últimas duas temporadas, Erik ten Hag ganhou a chance de comandar o Ajax.

E o inédito desafio em sua curta carreira parece estar dando certo. De terceiro colocado quando Keiser foi demitido, o clube já é o segundo e está sete pontos do rival de Eindhoven. E melhor: o Ajax vem de uma sequência bastante forte, principalmente jogando na Amsterdam Arena, onde não perde há sete jogos – seis vitórias consecutivas. E, no geral, são 12 rodadas invicto. Desde o revés para o Utrecht, em novembro do ano passado, a equipe não sabe o que é perder na Eredivisie. Venceu, por exemplo, o clássico contra o Feyenoord, atual campeão e cotado em incríveis R$ 202,00 segundo o OddsShark.com para levar o bicampeonato, e o AZ Alkmaar (R$ 81,00), o terceiro colocado na tabela com 47 pontos e 14 atrás do líder.

Se a chegada de um novo técnico mexeu com os ânimos dos jogadores e pode até salvar uma temporada que parecia perdida – hoje o clube é cotado em R$ 5,50 para levantar a taça na Holanda -, muito de tudo isso deve-se a um brasileiro. Vindo das categorias de base do São Paulo, David Neres vem brilhando em seu ano de estreia na Europa e conduzindo a retomada do Ajax. Ele não precisou de muito tempo para se adaptar ao futebol do continente.

Neres conta com nove gols e nove assistências após 23 rodadas. As grandes atuações do atacante o levaram a ganhar o prêmio de melhor jogador do primeiro turno do Campeonato Holandês. Ele levou 87,5 pontos (de um total de 100), superando o também estreante Hirving Lozano, do PSV (com 86), e o companheiro de equipe Joel Veltman (com 85,7). Será que o brazuca e sua trupe terão força necessária para desbancar o líder?

Corrida pelo título da Eredivisie segundo o OddsShark.com:

1º PSV Eindhoven – R$ 2,25
2º Ajax – R$ 5,50
3º AZ Alkmaar – R$ 81,00
4º Feyenoord – R$ 202,00

Confira outros odds do futebol internacional na Trivela.