Renascimento do Milan x hegemonia da Juventus: quem irá faturar a Copa da Itália?

Prestes a conquistar o heptacampeonato da Série A, a Juventus pode carimbar o seu domínio em todas as competições italianas com o título da Copa da Itália de 2017/18. A Velha Senhora disputa nesta quarta-feira (9 de maio), às 16h, a final do torneio mata-mata contra o Milan, no estádio Olímpico de Roma, de olho no tetra de forma seguida. Os odds são todos favoráveis ao time de Turim – cotação de R$ 1,40 segundo o site especializado OddsShark.com para os Bianconeri erguerem a taça -, que busca amenizar a eliminação para o Real Madrid nas quartas de final da Liga dos Campeões com sua hegemonia local. Mas do outro lado há uma camisa pesada, que apesar da irregularidade na temporada, possui um técnico que conhece muito bem o caminho da glória. Liderados por Gennaro Gattuso, os Rossoneri tentam recuperar o prestígio no país e voltar a ganhar a competição após 15 anos.

Hegemonia

Não existe nenhum time na Itália capaz de ter uma história tão vitoriosa em termos de torneios nacionais como a Juventus. A Velha Senhora é atualmente a detentora do maior número de troféus da Série A, com 33 conquistas, sendo 15 taças de vantagem para o Milan, o segundo colocado. Diferença esta que está prestes a aumentar com o eminente heptacampeonato do clube que deverá ocorrer no domingo. Seis pontos à frente do Napoli faltando duas rodadas para o fim do Calcio, a Juve pode até perder as duas próximas partidas que será a campeã. Isso porque a diferença para os napolitanos no saldo de gols, que é o critério de desempate, é de incríveis 16 gols.

Por coincidência, os dois possíveis títulos dos Bianconeri podem acontecer no mesmo local. Primeiro, a equipe dirigida por Massimiliano Allegri pega o Milan pela final da Copa da Itália no estádio Olímpico de Roma. Quatro dias depois eles voltam à capital italiana para desafiar a Roma, no clássico da 37ª rodada.

Liderança de cá

Favorita ao troféu do torneio mata-mata em todas as apostas de futebol, a Juve vê em um curioso estreante em final de Copa da Itália como estímulo para carimbar o tetra. Estamos falando de Gianluigi Buffon, que apesar de seus 17 anos com a camisa alvinegra e os três títulos da competição, nunca participou de uma decisão com a camisa de Turim. Storari e Neto, este duas vezes, estiveram em campo nos troféus de 2014-15, 2015-16 e 2016-17, respectivamente. O mesmo Buffon não esteve em campo nos vices de 2001-02, 2003-04 e 2011-12. A única participação do experiente goleiro ocorreu quando ele ainda despontava para o mundo da bola, com a camisa da Parma. Isso ocorreu em 1998-99, quando ajudou a equipe a superar a Fiorentina, de Batistuta e Edmundo, na decisão. Será que ele se manterá 100% no torneio?

Se depender dos odds, a resposta é sim. Ampla favorita para erguer a taça, em odds de R$ 1,40 de acordo com o site especializado OddsShark.com, a maior vencedora da história do campeonato com 12 conquistas tem o triunfo no tempo normal avaliado em R$ 1,80.

Mas se olharmos para trás, nos últimos títulos do clube na Copa da Itália, saberemos que o caminho da vitória poderá passar pela prorrogação. Isso porque a Juve venceu dois – contra a Lazio, em 2014-15, e Milan, em 2015-16 – dos últimos três títulos no tempo extra. Vale lembrar que a cotação para o jogo seguir após os 90 minutos é avaliada em R$ 3,54.

Liderança de lá

Se a Juve tem Buffon, o Milan tem Gennaro Gattuso. Tudo bem que o ex-volante não estará dentro de campo, o que poderia ser uma boa dose de motivação para o elenco rubro-negro. Mas o polêmico ex-jogador estará na área técnica, delegando os 11 jogadores responsáveis por começarem a partida.

E é inspirada na força e superação do comandante que os Rossoneri tentam encerrar um jejum de 15 anos sem erguer a Copa da Itália. E isso pode ocorrer justamente com Gattuso fazendo parte, já que em 2002-03, ano do último título do clube na competição, ele estava em campo diante da Roma.

Franco azarão na decisão, com odds de R$ 4,75 para uma vitória no tempo regulamentar ou de R$ 3,00 segundo o OddsShark.com para vencer a competição pela sexta vez, o clube de Milão tenta minimizar uma temporada que figura aquém do esperado.

Depois de torrar mais de 200 milhões de euros em contratações, o “novo” Milan não se firmou e o clube precisou trocar de técnico para tentar se salvar. Gattuso chegou e a equipe melhorou, mas o fraco início no Calcio a deixou longe da briga por uma vaga na Champions. Eliminado da Liga Europa pelo Arsenal nas oitavas, os Rossoneri ainda buscam um lugar na competição de segundo escalão europeu. A vaga pode vir pela Série A, na qual briga com a Atalanta – está um ponto e uma posição acima do clube de Bérgamo -, ou pela própria Copa da Itália, já o vencedor será premiado com a disputa da próxima edição do torneio continental.

Confira os odds da final da Copa da Itália:

09/05 – 16:00 – (R$ 1,80) Juventus x Milan (R$ 4,75); empate (R$ 3,40)

Confira outros odds do futebol internacional na Trivela.