Swansea ganha sobrevida na Premier League com odds dos candidatos ao Z-3 pegando fogo nas casas de apostas

Se está fácil cravar o título do Manchester City – odds de R$ 1,02 e vantagem de 12 pontos para o vice-líder Manchester United – na Premier League 2017/2018, prever os três clubes rebaixados através das cotações do OddsShark.com não é tão simples assim. Principalmente após o lanterna Swansea derrubar os prognósticos das apostas de futebol e arrancar uma vitória heroica sobre o Liverpool na noite de ontem, que pagou R$ 11,00 para cada real investido, e dar emoção à disputa pela permanência no Inglês. Confira agora as cotações dos times que estão com a corda no pescoço da liga na Terra da Rainha! 

Luz no fim do túnel

Acreditar até o fim! Se esta frase existe no futebol, ela pode ser dirigida ao Swansea. O clube ainda ocupa a última posição na PL, mas a situação poderia ser bem pior se não fosse a chegada de Carlos Carvalhal. O português assumiu o comando do clube do sul do País de Gales há menos de um mês – quando o time também estava em último, porém com apenas 13 pontos e cinco pontos atrás do lugar da salvação – e de lá para cá somou sete pontos em quatro jogos.

De condenado à Championship, o Swansea viu a esperança retornar ao elenco, que provou estar “fechado” com o luso após façanha diante do Liverpool. Jogando no Liberty Stadium, o lanterna do Inglês aprontou daquelas ao bater os Reds, que vinham de quatro vitórias consecutivas, pelo placar de 1×0. O resultado não só deu novo ânimo aos galeses, que agora estão três pontos abaixo do Stoke City, primeiro time fora do Z-3, como “quebrou” as casas de apostas. O triunfo rendeu 11 vezes o valor investido.

Acreditando na permanência na elite, que é medida em R$ 2,62 segundo o OddsShark.com, os Swans colocarão a “boa fase” em jogo contra o Arsenal. Só os três pontos diante dos Gunners podem diminuir as chances de rebaixamento, que hoje são altíssimas e têm cotação de R$ 1,50.

Curiosidade dos números

Se lembrarmos dos odds dos candidatos à zona da degola na abertura da temporada, o West Bromwich certamente não era um dos times da lista. Porém, a cotação de R$ 7,00 de agosto passado mudou drasticamente para R$ 2,20. Isso graças ao péssimo desempenho do clube na atual edição. Com apenas 20 pontos, os Baggies possuem o menor número de vitórias, contando com apenas três em 24 rodadas.

O West Bromwich até tem tentado trazer um “fato novo”, mas o clube não consegue engrenar. Tony Pulis deixou o clube em novembro depois de seis derrotas em 10 jogos. Apesar da sequência negativa, o antigo treinador saiu do cargo com a equipe fora do Z-3. Alan Pardew, ex-Crystal Palace, chegou, mas nada mudou. Pelo contrário, hoje a equipe é a penúltima colocada e tem os odds que a garantem na primeira divisão avaliados em R$ 1,67.

Se o fato de ser rebaixado já não caísse como uma bomba no time, os Baggies podem perder seu capitão Jonny Evans caso a queda se concretize. Tudo por causa do contrato do jogador, que prevê a diminuição da multa rescisória para três milhões de libras se o time disputar a divisão de acesso. E como sabemos, Manchester City e Arsenal estão de olho no jogador.

Missão indigesta

A alegria de ter retornado à elite do futebol britânico após 45 anos pode virar tristeza para o Huddersfield Town ao final da 38ª rodada. Tudo por conta da complicada tabela do clube, que apesar do 14º lugar e 24 pontos – quatro posições acima da zona do rebaixamento – , têm uma tabela bastante indigesta pela frente.

Com odds de R$ 2,20 para disputar a Championship, os Terriers poderão sentir a pressão da degola já nas próximas rodadas, uma vez que encara Liverpool e Manchester United. O clube só não está entre os piores do campeonato porque teve um início surpreendente, alcançando sete pontos nos primeiros três jogos. Vale também destacar a vitória sobre o Manchester United por 2×1 no estádio John Smith, em outubro de 2017.

Alerta

Depois de alcançar bravamente a final da Copa da Liga Inglesa em 2017 – perdeu para os Diabos Vermelhos na decisão – e a oitava posição na PL, o Southampton parecia projetar voos maiores para esta temporada. O argentino Mauricio Pellegrino desembarcou, grande parte do plantel foi mantido e o que se esperava era uma campanha razoável, não é?! Exatamente, mas não foi isso o que ocorreu e, hoje, depois de 24 rodadas, os Saints ocupam 18ª posição com 22 pontos.

Neste meio tempo o zagueiro Van Dijk foi vendido para o Liverpool pela bagatela de 75 milhões de libras e o clube vive um inferno astral. O Southampton é dono da maior sequência negativa na atual edição do Inglês, com 11 jogos consecutivos sem vitórias.

Apesar do jejum, os Saints ainda seguem prestigiados pelas casas de apostas e mesmo com a posição delicada na tabela não aparecem nem no Top 5 dos possíveis rebaixados. Hoje, a cotação do clube para cair é de R$ 5,50, o que prova a confiança dos apostadores em uma possível permanência do clube na primeira divisão inglesa. Mas até quando esta taxa irá durar?

Confira os odds dos possíveis rebaixados na Premier League:

1º Swansea – R$ 1,50
2º Huddersfield Town – R$ 2,20
3º West Bromwich – R$ 2,20
4º Brighton – R$ 2,38
5º Stoke City – R$ 3,00

Candidatos à permanência (odds):

Swansea – R$ 2,62
Huddersfield Town – R$ 1,67
West Bromwich – R$ 1,67
Brighton – R$ 1,57
Stoke City – R$ 1,36