Tabu mexicano contra Alemanha e duelo de artilheiros em Portugal x Chile agitam Copa das Confederações

A rápida Copa das Confederações chega à reta decisiva neste meio de semana com a definição dos finalistas de 2017. Depois de uma movimentada fase de grupos, teremos nesta quarta-feira (28 de junho) um embate para lá de especial entre Portugal, do craque Cristiano Ronaldo, e Chile, do goleador Alexis Sánchez, em Kazan. Já no dia seguinte, a atual campeã mundial Alemanha enfrenta o México, em Sochi, tentando manter a invencibilidade histórica contra a seleção El Tricolor. Quem lutará pelo troféu? Quais são as dicas de investimentos das apostas de futebol do Oddsshark.com/br? Tudo isso você confere aqui!

Portugal x Chile

O embate entre portugueses e chilenos não poderia ter outro enfoque se não o faro de gol de seus atacantes. De um lado, Cristiano Ronaldo, que na temporada 2016/2017 alcançou os principais títulos – novamente – que um jogador de futebol poderia desejar. Além da quarta Champions League de sua carreira – a terceira pelo Real Madrid – , o luso ganhou mais uma Liga Espanhola. Sem contar o título da inédita Euro, que deu a Portugal vaga para esta Copa das Confederações.

Se abordamos os números individuais do galáctico, eles são ainda mais expressivos. Foi neste ano que ele se tornou o maior artilheiro da história da Champions League – 105 gols – e ultrapassou a marca de 400 tentos com a camisa madridista.

Depois de uma primeira fase tranquila, em que contribuiu com dois gols e a liderança do Grupo A com sete pontos (vitórias sobre Rússia e Nova Zelândia, além de empate com o México), CR7 lidera os portugueses para chegar à inédita final. Os lusos são favoritos no confronto, tendo a cotação avaliada em R$ 2,50 para cada real investido.

Já pelo lado da La Roja, Alexis Sánchez é a principal esperança. Depois de liderar o bicampeonato da Copa América (2015 e 2016), o atacante do Arsenal acaba de atingir uma marca importante com a camisa de seu país. Durante a fase de grupos, o gol que anotou no empate de 1×1 com a Alemanha deu-lhe a artilharia de toda a história da seleção com 38 gols, ultrapassando Marcelo Salas.

É com esse entusiasmo que o Chile, que terminou a primeira fase em segundo no Grupo B – cinco pontos, sendo vitória sobre Camarões e empates contra Alemanha e Austrália – , tenta seguir firme a mais um título pelo terceiro ano seguido. La Roja é cotada em R$ 3,20, enquanto o empate, que leva o jogo para a prorrogação, paga R$ 3,25 de acordo com o Oddsshark.com/br.

Palpite

Apesar do favoritismo português, não há nada ganho. Se há dúvida em relação a quem vencerá o certame, uma dica é investir em gols, sendo que partida finalizada com bola na rede das duas equipes tem taxa de R$ 1,90. Agora, o meu palpite é em um jogo acima de 2.5 gols, no qual dá rendimento ainda melhor (cotação original de R$ 2,20). Que tal?

Alemanha x México

Na outra semifinal, a Alemanha defende uma invencibilidade histórica diante dos mexicanos. Tudo bem que as duas seleções se enfrentaram apenas em quatro oportunidades, mas que foram o suficiente para que os europeus nunca saíssem derrotados (duas vitórias e dois empates).

Um duelo que merece destaque é da própria Copa das Confederações, em 2005, quando as equipes decidiram o terceiro lugar. Após um emocionante 3×3, os alemães bateram os rivais na prorrogação por 1×0.

Os alemães chegam para a partida com um recorde atingido pelo seu comandante. A vitória de 3×1 sobre Camarões, que garantiu o primeiro lugar no Grupo B, foi a de número 100 de Joaquim Low no comando da seleção tetracampeã mundial. Nenhum outro técnico conseguiu tantas vitórias com um mesmo país como o alemão. Outro detalhe é que com ele a Alemanha alcançou pelo menos a fase de semifinal das competições que disputou desde 2008.

Apesar do time jovem, que serve de experimento para a Copa do Mundo do próximo ano, os atuais campeões mundiais são favoritos para seguirem atrás do inédito troféu. O Oddsshark.com/br avalia a trupe de Draxler e companhia com R$ 2,10.

Já do outro lado, a cotação mexicana é um pouco mais alta, de R$ 3,75. Uma das possíveis razões é o futebol instável apresentado pela equipe chefiada por Juan Carlos Osorio. Sem encontrar uma formação ideal, o comandante colombiano continua com suas rotações, que pelo jeito não têm dado muito certo. Os mexicanos, únicos que pode alcançar o bicampeonato da Copa das Confederações, ficaram em segundo no Grupo A com sete pontos (vitórias sobre Rússia e Nova Zelândia, além de empate com Portugal).

Com força máxima, o time El Tricolor deposita suas fichas em Chicharito Hernández, que conhece bem o futebol rival já que atua no Bayern Leverkusen, para surpreender os adversários.

Palpite

O México deve provar mais uma vez de sua irregularidade e ficar pelo caminho. A aposta aqui é numa vitória alemã no tempo regulamentar. As opções ficam por conta:

Vitória da Alemanha sem sofrer gols: R$ 3,75
Vitória da Alemanha sofrendo gols: R$ 4,00

Confira os odds das semifinais da Copa das Confederações na Trivela:

28/06: 15h – Portugal (R$ 2,50) x Chile (R$ 3,20); empate (R$ 3,25)
29/06: 15h – Alemanha (R$ 2,10) x México (R$ 3,75); empate (R$ 3,60)