Tite busca manter 100% à frente da seleção e confirmar favoritismo no Peru; confira odds

As Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2018 chegam a 12ª rodada nesta terça-feira (15) com o Brasil buscando manter o 100% desde que Tite assumiu o comando da equipe verde e amarela. Embalado pela ótima vitória por 3 a 0 diante da arquirrival Argentina, os brasileiros terão pela frente o Peru, que também vem cheio de moral depois da excelente vitória por 4 a 1 jogando fora de casa contra o Paraguai.

A principal mudança do time que enfrentou os argentinos acontecerá na lateral esquerda. Com Marcelo suspenso, Tite utilizará Filipe Luís. O treinador também deu sequência ao seu rodízio de capitães e agora a faixa estará no braço de Fernandinho. O ato é bem simbólico para o volante que foi um dos jogadores mais criticados dentre os que estavam em campo no 7 a 1 para a Alemanha em 2014. No ataque, a formação será a mesma, com Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus.

Do outro lado, Ricardo Gareca parece acreditar na possibilidade de surpreender o favorito dentro de casa. Com 14 pontos na oitava colocação, a equipe peruana está apenas a três da zona de classificação para o Mundial. O treinador decidiu sacar o volante Pedro Aquino, do Sporting Cristal, e integrar o meia Joel Sánchez, do Universidad de San Martín de Porres, aos 11 que darão início ao duelo marcado para 00h15 (da madrugada de quarta, pelo horário de Brasília).

O favoritismo aponta para o lado brasileiro. De acordo com o site especializado em estatísticas Oddsshark.com/br, a vitória do Brasil rende R$ 1,66 por real apostado. Já o triunfo do time de Guerrero, Cueva e cia gera um bom retorno de R$ 5,46. Já o empate paga R$ 3,82. Aliás, o bom resultado para a equipe de Tite poderá fazer com que a seleção que antes tinha dúvidas sobre uma possível ida ao Mundial ficar a 10 pontos do último da zona de classificação e ficar muito próximo de garantir a sua vaga.

Outro jogo para se ficar bastante atento acontecerá em San Juan, na Argentina. Pressionados, os donos da casa receberão a Colômbia em confronto direto para ver quem estará no torneio mais importante do futebol mundial. Os Hermanos somam 16 pontos e ocupam a sexta colocação, ou seja, se as Eliminatórias acabassem hoje estariam fora da Copa do Mundo. Já os colombianos possuem 18 pontos e estão em terceiro, mas vêm de dois empates contra Uruguai e Chile.

Pressionado, Edgardo Bauza deve fazer mudanças na equipe e uma delas envolve o atacante do Atlético Mineiro Lucas Pratto. Ele deve ganhar uma vaga nos titulares no lugar Gonzalo Higuaín, que não está agradando. Zabaleta também deve perder a posição para Enzo Pérez. Do lado colombiano, o goleiro Bravo e o zagueiro Yerry Mina, do Palmeiras, se machucaram no duelo contra o Chile.

Mesmo com toda essa situação problemática, a seleção argentina é considerada favorita. Sua vitória paga um pouco menos que a do Brasil, com um retorno de R$ 1,47 por real investido. O empate já é uma boa opção e gera R$ 4,10, enquanto que o triunfo colombiano pode garantir uma ótima margem de R$ 8,09 por real apostado para aqueles que acreditarem neste resultado.

Maior retorno vem de Quito

Quem quiser realmente ganhar dinheiro deve ficar atento a este jogo. Em Quito, o Equador receberá a Venezuela, que ocupa a penúltima colocação, mas vem de goleada por 5 a 0 diante da Bolívia. Foi apenas a primeira vitória dos venezuelanos na competição, mas isso dá um ânimo a mais para buscar um resultado positivo na altitude de quase 3.000 metros da cidade equatoriana.

O ar rarefeito e a velocidade mais rápida da bola são alguns dos fatores que faz do Equador uma equipe tão forte dentro de casa. A seleção equatoriana perdeu apenas para o líder Brasil atuando em Quito. Além disso, eles derrotaram a Venezuela por 3 a 1 no primeiro turno, jogando longe de seus domínios.

Resumindo: é bem complicado acreditar no triunfo venezuelano em terras equatorianas, mas se isso acontecer o retorno é absolutamente formidável. Ainda segundo o site Oddsshark.com/br, cada real investido na Venezuela trará R$ 10,05 em caso de vitória. O empate já é interessante e paga R$ 5,15, enquanto que o triunfo do Equador gera apenas R$ 1,33.

Confira todos os odds da 12ª rodada das Eliminatórias da América do Sul pelo Oddsshark.com/br:

Bolívia (2.46) x Paraguai (2.99) – Empate 3.28

Equador (1.33) x Venezuela (10.05) – Empate 5.15

Argentina (1.47) x Colômbia (8.09) – Empate 4.10

Chile (2.24) x Uruguai (3.32) – Empate 3.35

Peru (5.46) x Brasil (1.66) – Empate 3.82