Tupi e América: há chances de zebras nas semifinais no Campeonato Mineiro?

A turma das apostas de futebol vai fazer a festa com uma semana decisiva nos Estaduais pelo Brasil afora. E um bom exemplo deste clima de mata-mata é visto no Campeonato Mineiro, que abre a sua semifinal neste meio de semana. A definição vai ser relâmpago: os jogos de volta vão ocorrer já no sábado e domingo.

O site especializado em apostas OddsShark.com constatou aquilo que é visto com enorme frequência nos gramados mineiros: apenas uma catástrofe vai impedir que Cruzeiro e Atlético se reencontrem em uma decisão. Os dois gigantes fizeram a final do ano passado, com título do Atlético, mas nos dois anos anteriores o clássico não havia atingido o ápice: tanto América quanto Caldense conseguiram chegar às decisões de 2015 e 2016.

Mas desta vez as chances de Tupi e América, os outros semifinalistas, são realmente bem reduzidas. A começar pelo Tupi, que deve contar com o Estádio Helenão, em Juiz de Fora, com lotação máxima em seus 30 mil lugares. Embora haja uma distância gigante de estrutura e qualidade para o Cruzeiro de Mano Menezes, o Tupi é esforçado e já provou que não treme em decisões, como mostrou na partida única válida pelas quartas de final, quando empatou por 0 a 0 e eliminou a Tombense apenas nas cobranças de pênaltis.

O Cruzeiro teve vida mais fácil – ganhou da Patrocinense por 2 a 0, com dois gols de Raniel na primeira metade da segunda etapa. Raniel corre risco de não atuar diante do Tupi por conta de dores no joelho. Como Fred e Rafael Sobis são desfalques certos, a disputa para ver quem ocupa o seu lugar passa a ser entre Sassá e Rafael Marques.

As cotações indicam grande favoritismo cruzeirense, mesmo em Juiz de Fora. A vitória da equipe de Mano Menezes nesta partida de ida vale R$ 1,49/R$ 1,00, contra R$ 5,69 do triunfo do Tupi e R$ 3,77 do empate. O Cruzeiro venceu os seis últimos jogos que fez contra o Tupi – incluindo o 2×0 na atual edição do Mineiro e o 4×0 válido pelo campeonato do ano passado.

Segundo o OddsShark.com, a situação de Atlético x América é praticamente idêntica. O Alvinegro paga R$ 1,59/R$ 1,00, com o empate rendendo R$ 3,71/R$ 1,00. O triunfo do América é a zebra da noite de quinta (22) no Estádio Independência, onde o Galo costuma ter um aproveitamento realmente impressionante.

O Atlético não está tendo problemas neste Mineiro sob o comando do técnico Thiago Larghi – talvez nem ele mais saiba se continua interino ou se virou o treinador de direito. O Alvinegro ganhou a partida das quartas sobre o URT “na conta do cafezinho”, com um 1 a 0 que chegou a desanimar a torcida por conta dos muitos gols perdidos. Foram nada menos que 24 finalizações para um único golzinho sobre o frágil rival.

O América promete oferecer uma resistência maior, segundo o técnico Larghi, que prega respeito ao adversário e lembra sempre que se trata de um clássico regional. Talvez haja um certo preciosismo no discurso do treinador, que já enfrentou o América pelo Mineiro e despachou o adversário com um impiedoso 3 a 0 na fase de classificação. Foi este placar, aliás, que sinalizou à diretoria que valeria a pena manter Larghi enquanto o mercado de treinadores não disponibiliza um nome que atenda melhor os interesses do clube para a temporada.

O América, por sua vez, ainda tem bem fresco na memória o desfecho do Mineiro de 2016, quando faturou o título justamente sobre o Atlético. Apesar da façanha na decisão de dois anos atrás, o retrospecto posterior é realmente ingrato. O Galo ganhou seis das últimas 12 partidas, com quatro empates e somente duas vitórias do América.

Os três jogos mais recentes, então, são uma tortura para o Coelho. Além do 3 a 0 na fase de classificação do Mineiro deste ano, o Atlético aplicou 4 a 1 no Mineiro de 2017 e outro 3 a 0 no Brasileirão de 2016. Depois do título do Mineiro de 2016, o Galo venceu todos os quatro confrontos diretos.

O América conta com o artilheiro do Mineiro até aqui – o surpreendente Aylon, com seis gols. Ricardo Oliveira tem sido o grande nome do ataque do Galo, contribuindo com outros quatro “tentos”, como diziam os antigos. A semifinal reúne também os dois líderes em assistências no Estadual de Minas: o criativo Serginho, do América, deu quatro passes para gol, enquanto o venezuelano Rômulo Otero fez o mesmo pelo Galo em três ocasiões.

Confira as cotações dos jogos de ida da semifinal do Mineiro, segundo o OddsShark.com:

21/03 – 21:45 – Tupi (R$ 5,69) x Cruzeiro (R$ 1,49); empate (R$ 3,77) – Palpite: Cruzeiro

22/03 – 20:00 – Atlético (R$ 1,59) x América (R$ 4,77); empate (R$ 3,71) – Palpite: Atlético

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.