Vitória do América Mineiro faz a alegria de palmeirenses e apostadores no Brasileirão

O volante Juninho foi o responsável por tirar um coelho da cartola aos 44 minutos do segundo tempo do jogo entre América Mineiro e Santos, para dar à equipe de Minas Gerais uma vitória que não acontecia desde a nona rodada do Brasileirão. De quebra, o triunfo do lanterna da competição diante do até então líder fez com que o time de Dorival Junior fosse ultrapassado por Palmeiras e Flamengo e caísse para a terceira colocação – ainda podendo perder mais duas posições nesta segunda (8). O resultado também foi ótimo para quem apostou no azarão e levou para casa mais de três vezes o valor investido.

Apesar de atuar no estádio Independência, o jejum de dez rodadas sem encontrar o caminho da vitória fazia do América total azarão diante de uma equipe que havia chegado à liderança do campeonato após nada mais nada menos do que dez anos. Mas o Coelho mostrou mais uma vez o motivo pelo qual o Brasileirão é considerado um dos campeonatos mais imprevisíveis do mundo.

Depois de fazerem um primeiro tempo bastante equilibrado, em que ambas equipes não tiveram grandes chances de gol, o lance que pode ter determinado o resultado final da partida aconteceu aos 31 minutos da etapa final. Vanderlei fez falta em Victor Rangel, e o juiz decidiu por expulsar o goleiro santista. Com um homem a menos, o Alvinegro suportou o quanto pôde, mas acabou levando o gol aos 44, com Juninho batendo de primeira após cruzamento da esquerda.

O triunfo da equipe mineira por 1 a 0 fez a alegria não apenas dos clubes que brigam pela ponta da tabela como também dos investidores mais ousados. Isso porque, de acordo com o site de estatísticas OddsShark.com/br, a vitória do América Mineiro pagou aos cofres de quem apontou nesse resultado R$ 3,10 por cada real investido. Foi a maior taxa de retorno da 19ª rodada da Série A.

Palmeiras também agradece e retoma a liderança

Agora, imagine se você, além de ter colocado suas fichas no triunfo do Coelho, ainda for um torcedor palmeirense? Aí, meu camarada, pode encomendar a estátua do Juninho. Isso porque o gol no último minuto do tempo regulamentar, além de encher seu bolso, ainda deu a oportunidade para o seu time de coração retomar a liderança do Brasileirão na última rodada do turno. E foi o que o Palmeiras fez.

Atuando no Allianz Parque, o Alviverde criou uma enorme quantidade de oportunidades de gol desde o primeiro minuto diante do Vitória, mas o resultado não foi dos mais elásticos. Com gols de Lucas Barrios – que entrou no lugar do lesionado Leandro Pereira e depois também sentiu uma contusão – e Cleiton Xavier, o Palmeiras confirmou seu favoritismo diante da equipe baiana, batendo por 2 a 1 o adversário, que só venceu uma partida fora de casa até aqui. Thiago Martins, contra, anotou o único tento dos nordestinos.

Com apenas uma derrota e um empate em casa, o triunfo do time de Cuca era o resultado mais provável e, por isso, não pagou muito ao apostador. A taxa de retorno ficou em apenas R$ 1,42, enquanto que uma vitória do time de Vagner Mancini poderia trazer incríveis R$ 7,39 a cada real investido.

O resultado recolocou o Palmeiras na liderança do Brasileirão com 36 pontos. A equipe paulista ainda pode ser alcançada pelo Corinthians, que enfrenta o Cruzeiro em casa nesta segunda e precisa vencer por três gols de diferença para passar o arquirrival e terminar o turno na primeira colocação.

Mancuello faz de letra, e Fla chega de vez ao G-4

Assim como Santos e América, Flamengo e Atlético Paranaense entraram em campo também no sábado. Entretanto, ao invés de um encontro entre clubes opostos na tabela, o duelo entre cariocas e paranaenses era o chamado “jogo de seis pontos”. Atuando em Cariacica, no Espírito Santo, quem levou a melhor foi o time treinado por Zé Ricardo, por 1 a 0.

Depois de um primeiro tempo mais equilibrado, porém com melhores chances dos flamenguistas, o zero só foi sair do placar aos 16 da etapa final, quando Fernandinho chutou firme da direita e Mancuello desviou de letra para vencer o goleiro Santos e garantir a quarta vitória seguida do Fla atuando como mandante. Ainda de acordo com o OddsShark.com/br, o triunfo pagou R$ 1,73 por real apostado no time de Guerrero e companhia.

A 19ª e última rodada do primeiro turno do Brasileirão chega ao fim nesta segunda-feira. O Atlético Mineiro (R$ 1,43) recebe a Chapecoense (R$ 7,22). E o Corinthians (R$ 1,75) tenta assumir a ponta da tabela diante do Cruzeiro (R$ 4,63), que briga para não cair.