Zebra do Iraque contra o Brasil pode render 26 vezes o valor investido

Dois empates por 0 a 0 no estádio Mané Garrincha, em Brasília, chatearam quem esperava bom futebol na estreia do Grupo A no torneio masculino olímpico da Rio 2016. A igualdade sem gols persistiu tanto em Brasil x África do Sul quanto em Dinamarca x Iraque e reverteu o favoritismo inicial do anfitrião Brasil e da sempre promissora seleção europeia.

Os 180 minutos iniciais, porém, sugerem uma atenção maior nas probabilidades que se apresentam para a segunda rodada nas apostas – e elas geram lucros raros de se encontrar na tabela masculina.

O jogo-chave para os apostadores de plantão tem dia e hora marcada: domingo, 22h, no Mané Garrincha. Brasil e Iraque, ambos com a clara necessidade de vitória para não passarem por maiores sustos na busca pela classificação na última rodada da fase de grupos.

Se o Iraque reverter toda a lógica e vencer a talentosa seleção brasileira, que joga pressionada pela má estreia, o resultado renderia 26 vezes (US$ 27) o valor apostado, segundo o site de estatísticas OddsShark.com/br. Em números, uma aposta de US$ 100, por exemplo, daria incríveis US$ 2.600,00 de lucro para cada dólar investido.

E há um histórico promissor para quem quiser investir neste resultado que soa absurdo, mas possível, de acordo com o que cada seleção apresentou na estreia e com a surpresa que o Iraque já foi capaz de causar na chave masculina há 12 anos.

Na ocasião, a seleção desembarcou em Atenas, em 2004, em meio ao conflito que dilacerava o país. Uma das grandes zebras da história, conseguiu golear Portugal por 4 a 2 na estreia. Na segunda rodada, superou a Costa Rica por 2 a 0, mesmo placar pelo que perdeu para Marrocos no encerramento do grupo.

A chegada do mata-mata não intimidou os iraquianos. Passou pelas quartas de final ao superar a Austrália por 1 a 0. Na semifinal, caiu por 3 a 1 diante do Paraguai, que ficaria com a prata. Aquele ouro foi para a Argentina, de Tevez e Mascherano.

O sonho de medalha do Iraque só terminou mesmo na decisão do bronze, em que perdeu apertado para a Itália por 1 a 0, em jogo no qual teve chance de empate até o fim. Este empate de então do Iraque já faria a festa dos apostadores nesta edição olímpica. A igualdade contra o aflito Brasil de Neymar, Gabigol e Gabriel Jesus renderia 10 vezes o valor investido. O Brasil vencedor, claro, é uma das barbadas da rodada. Apenas devolve a aposta, de acordo com o site OddsShark.com/br.

A primeira rodada foi tão surpreendente que os dois empates geraram lucro: de US$ 9, no caso de Brasil x África do Sul; e US$ 3,40 (Iraque x Dinamarca). No outro jogo do grupo, às 19 horas, Dinamarca e África do Sul chegam com cotações equilibradas – US$ 2,30 e US$ 3,00 –, com um novo empate pagando US$ 3,40.

As cotações dos oito jogos da chave masculina no domingo são:

13h – Fiji (US$ 51,0) x (US$ 1,00) México. Empate: US$ 23,00
15h – Honduras (US$ 11,00) x (US$ 1,20) Portugal. Empate: US$ 6,50
16h – Alemanha (US$ 1,50) x (US$ 6,00) Coreia do Sul. Empate: US$ 4,30
18h – Argentina (US$ 1,50) x (US$ 6,50) Argélia. Empate: US$ 3,90
19h – Dinamarca (US$ 2,30) x (US$ 3,00) África do Sul. Empate: US$ 3,40
19h – Suécia (US$ 2,50) x (US$ 2,70) Nigéria. Empate: US$ 3,40
22h – Brasil (US$ 1,00) x (US$ 26,00) Iraque. Empate: US$ 10,00
22h – Japão (US$ 4,30) x (US$ 1,80) Colômbia. Empate: US$ 3,50

Clássico no futebol feminino

Outro jogo que merece atenção a quem procura por apostas é o duelo feminino entre Estados Unidos e França, neste sábado. Atuais campeãs olímpicas, as americanas rendem US$ 2,20 em caso de vitória. Quarta colocada nas Olimpíadas de Londres, a seleção francesa gera lucro de US$ 2,80. O empate entre as duas, considerado um risco alto, paga US$ 3,30.

As estreias tanto das americanas quanto das francesas indicam que é, sim, o jogo mais equilibrado da chave de grupos. Os EUA ganharam da Nova Zelândia por 2 a 0 na partida marcada pelas vaias à goleira Hope Solo. Os gols saíram logo no começo de cada um dos tempos – outro indicativo importante a ser levado em conta nas apostas.

A França arrasou a Colômbia com um fácil 4 a 0 e entra na segunda rodada mostrando que é talvez a mais forte concorrente europeia na briga pela medalha de ouro no futebol feminino, ao lado da Alemanha, que massacrou Zimbábue por 6 a 1 na primeira rodada.

Os jogos de sábado na chave feminina com as cotações são:

15h – Canadá (US$ 1,05) x (US$ 21,00) Zimbábue. Empate: US$ 13,00
17h – EUA (US$ 2,20) x (US$ 2,80) França. Empate: US$ 3,30
18h – Alemanha (US$ 1,20) x (US$ 10,00) Austrália. Empate: US$ 6,00
19h – África do Sul (US$ 5,70) x (US$ 1,50) China. Empate: US$ 3,70
20h – Colômbia (US$ 3,50) x (US$ 1,90) Nova Zelândia. Empate: US$ 3,40
22h – Brasil (US$ 1,60) x (US$ 4,00) Suécia. Empate: US$ 4,70