Zebra lucrativa: eliminação do Flamengo para o Palestino rendeu seis vezes o valor apostado

Propícia a apostadores ousados, a Copa Sul-Americana registrou na noite desta quarta-feira (28) uma das maiores zebras da temporada. Jogando em casa, na cidade de Cariacica no Espírito Santo, o Flamengo perdeu para o Palestino, do Chile, e foi eliminado da competição ainda nas oitavas de final.

A tristeza flamenguista significou a euforia dos apostadores. Quem arriscou no triunfo da equipe chilena pôde lucrar com a maior vantagem da noite, faturando nada menos que R$ 6,23 a cada real apostado, segundo os números do Oddsshark.com/br.

De tão surpreendente, a vitória do Palestino foi registrada ainda no primeiro tempo. Com a necessidade de vencer o jogo de volta – perdeu a ida no Chile por 1×0 -, o Palestino terminou o primeiro tempo já com 2×0 de vantagem. O Flamengo descontou aos 20 minutos da etapa final, com Alan Patrick, mas a reação parou por aí. A vitória flamenguista no Espírito Santo era tão esperada que o lucro pelo resultado seria de somente 49%: renderia R$ 1,49 a cada real investido.

A disparidade das cotações se via também no retrospecto até o começo do duelo. O Flamengo vinha de oito partidas sem perder. Tamanha vantagem foi encontrada inclusive na escalação, com o técnico José Ricardo poupando seis titulares e amargando a eliminação de um torneio continental que o Flamengo jamais conquistou.

Força brasileira

Sem o Flamengo, os surpreendentes Coritiba e Chapecoense são os outros dois times brasileiros que seguem vivos na busca pelo título da Sul-Americana. Entre os clubes do país, somente Internacional (2008) e São Paulo (2012) tiveram o privilégio de conquistar esta Copa.

A classificação brasileira mais rentável da noite foi a do Coritiba. Jogando na casa do adversário, o complicado Belgrano, na província de Córdoba, na Argentina, o Coxa Branca saiu perdendo, mas encontrou forças para virar o placar, devolver o 2×1 sofrido no Paraná, e buscar a decisão por pênaltis. No fim, brilhou a atuação espetacular do goleiro Wilson, que defendeu duas cobranças do time argentino e ainda converteu a sua.

A espetacular classificação paranaense foi acompanhada de um lucro de R$ 3,83 – quase 4 vezes o valor da aposta, de acordo com as estatísticas do Oddsshark.com/br. Nada mau para quem acreditou na força O Belgrano vencedor renderia R$ 1,95, com o empate devolvendo R$ 3,23.

Contrastes

O outro confronto Brasil x Argentina nesta Sul-Americana foi entre o poderoso Independiente, maior vencedor da história da Libertadores, com sete conquistas, e a caçula Chapecoense, fundada há somente 43 anos.

Surpreendendo muita gente, a Chapecoense segurou o 0x0 que repetiu o placar de ida e arriscou a sorte nos pênaltis. Deu certo! A Chape chegou às quartas de final já ganhando fama na Argentina. No ano passado, venceu em casa o River Plate. Agora, eliminou o Independiente. O empate no tempo normal rendeu lucro de R$ 2,89, com a vitória da Chape e do Independiente gerando cotações quase idênticas – R$ 2,70 e R$ 2,73, respectivamente.

Outro time brasileiro que lutou desesperadamente, e mesmo assim não conseguiu sobreviver, foi o Santa Cruz. Comandado pelo veterano goleador Grafite, o Santa detonou em casa o Independiente Medellín, da Colômbia, por 3×1. Mas como havia perdido o primeiro jogo por 2×0, foi eliminado graças ao gol colombiano marcado fora de casa. A vitória do Santa rendeu R$ 1,90, sendo lucro de 90%.

Demais confrontos

Outro duelo que terminou em igualdade e pênaltis foi Junior Barranquilla, da Colômbia, e Montevideo Wanderers, do Uruguai. A classificação ficou com o Junior depois dos pênaltis que sucederam os dois 0x0 em ambos os países. A igualdade na volta rendeu R$ 3,48.

As oitavas de final serão encerradas com mais dois jogos na noite desta quinta-feira (29) e com times de muita tradição em ambos os confrontos. Às 19h15, na Venezuela, o La Guaira recebe o San Lorenzo, da Argentina. A ida terminou 2×1 para o time de Buenos Aires, que é o favorito mesmo como visitante. Sua vitória pagaria R$ 1,86. Vêm depois o empate (R$ 3,14) e o triunfo do La Guaira (R$ 4,28).

Às 21h45, o Cerro Porteño recebe no Paraguai o Santa Fe, da Colômbia, com a obrigação de superar a derrota de 2×0 na partida de ida. O Cerro vencedor gera lucro de 84%, devolvendo R$ 1,84 a cada R$ 1,00. O empate paga R$ 3,24. E uma nova vitória do Santa Fe faria a festa oferecendo incríveis R$ 4,27 a cada real apostado.

Confira todos horários, jogos e cotações do Oddsshark.com/br nas oitavas de final da Copa Sul-Americana:

28/09: Flamengo (R$ 1,49) 1 x 2 Palestino (R$ 6,23); empate (R$ 3,98)
28/09: Belgrano (R$ 1,95) 1 (3 x 4) 2 Coritiba (R$ 3,83); empate (R$ 3,23)
28/09: Chapecoense (R$ 2,73) 0 (5 x 4) 0 Independiente (R$ 2,70); empate (R$ 2,89)
28/09: Santa Cruz (R$ 1,90) 3 x 1 Independiente Medellín (R$ 4,11); empate (R$ 3,20)
28/09: Junior Barranquilla (R$ 1,61) 0 (4 x 3) 0 Montevideo Wanderers (R$ 5,67); empate (R$ 3,48)
29/09: 19h15 – La Guaira (R$ 4,28) x San Lorenzo (R$ 1,86); empate (R$ 3,14)
29/09: 21h45 – Cerro Porteño (R$ 1,84) x Santa Fe (R$ 4,27); empate (R$ 3,24)