Eric Cantona alfinetou Mario Balotelli em entrevista concedida no Fórum Global de Esportes, realizado em Barcelona. Perguntado sobre o comportamento polêmico do jogador do Manchester City, o francês sugeriu que as atitudes do atacante são premeditadas.

“Eu sonhei em me tornar um jogador de futebol. Em fazer grandes coisas, em chorar ou sorrir depois de uma vitória, em explodir de alegria. Isso é espontaneidade. Eu nunca escrevi nada na camiseta, nunca calculei nada. Cada ação é única, cada reação é única”, declarou o ex-atacante do Manchester United, fazendo referência à camisa com os dizeres “Por que sempre eu?”, exibida por Balotelli na vitória por 6 a 1 sobre o Manchester United.

Diretor esportivo do New York Cosmos, Cantona não falou apenas sobre polêmicas. Perguntado sobre a atual situação do futebol nos Estados Unidos, o francês respondeu que, “com todos os técnicos necessários, dentro de 20 anos a seleção norte-americana poderá conquistar a Copa do Mundo”.