Fabio Capello é um treinador experiente e que já trabalhou com muitas grandes estrelas do futebol. Aos 71 anos, o italiano é atualmente o técnico do Jiangsu Suning, na China. E em entrevista à Sky Italia, ele comentou sobre o melhor jogador com quem trabalhou, Ronaldo, embora os dois não tenham se dado bem no tempo de Real Madrid.

LEIA TAMBÉM: Juventus arrancou a vitória contra a Roma na marra, apesar da grande atuação de Alisson

“O melhor jogador foi Ronaldo. Apesar de eu ter que enviá-lo para longe para podermos ganhar a liga com o Real Madrid. Ele pesava 96 quilos e perguntei a ele quanto ele pesava quando ganhou a Copa na Coreia e Japão e ele me disse 84. Foi então que perguntei se ele podia chegar a ao menos 88”, contou o treinador italiano.

Capello se refere à temporada 2006/07, quando o Real Madrid conquistou o título espanhol. No meio daquela temporada, em janeiro de 2007, o Real Madrid vendeu Ronaldo para o Milan, já com os problemas de peso que o Fenômeno enfrentava na época. Capello acabou levando o Real Madrid ao título, embora ele tenha sido demitido mesmo assim. Na época, se questionava o futebol apresentado pelo time, considerado defensivo e pouco atraente.

Ronaldo no Milan não conseguiu ser o jogador que já tinha sido antes. O atacante foi contratado por € 7,5 milhões em janeiro de 2007 e deixou o clube ao final do seu contrato, em julho de 2008. Lesionado, ele ficou o resto do ano se recuperando e seria apresentado no Corinthians em dezembro daquele ano. Encerraria a carreira jogando pelo clube, em 2011.

“Ibrahimovic não chutava bem na Juventus”

Outra estrela também foi alvo dos comentários de Capello. Zlatan Ibrahimovic é um dos melhores atacantes do mundo nos últimos anos, com um poder de finalização impressionante. Mas o técnico italiano diz que não foi sempre assim.

“Quando Ibrahimovic chegou à Juventus, ele não era bom nos chutes”, afirmou o treinador.  “Mino Raiola me disse: ‘Zlatan é realmente forte, ele quebra a mão dos goleiros’. Então, Ibrahimovic começou a treinar todos os dias e, obviamente, como todos sabem ele melhorou muito”.

“Eu alvejei Ibrahimovic quando era treinador da Roma”, conta Capello. “A Juventus fez uma compra incrível, eles o compraram por € 16 milhões pagáveis em quatro parcelas. No Ajax, decidiram que ele não seria um grande jogador”, explicou. “Ibrahimovic teve alguns problemas na Juve, por exemplo com  (Jonathan) Zebina, mas (Luciano) Moggi chegou e resolveu tudo”.