Apesar da ameaça de boicote de 13 clubes, a primeira rodada do Campeonato Espanhol acontecerá normalmente. Representantes dos 20 times da primeira divisão se reuniram nesta terça-feira com dirigentes da Liga de Futebol Profissional (LFP) para chegar a um acordo. O protesto foi relacionado aos direitos televisivos de La Liga e à realização de oito partidas das três primeiras rodadas às 23 horas.

“Conversamos durante bastante tempo sobre temas importantes. Colocamos em cima da mesa as questões que temos em mãos. Teremos as partidas neste final de semana, que acontecerão no horário previsto”, afirmou José Luis Astiazarán, presidente da LPF.

Astiazarán também confirmou que os canais detentores dos direitos do torneio deverão se reunir nesta semana. Entre as exigências feitas pelas equipes está o pagamento dos valores acordados pela transmissão do torneio, que ainda não foram repassados. Além disso, os clubes também consideram injusta a divisão do dinheiro obtido com a venda dos direitos audiovisuais.

Um dos líderes do protesto, o presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, avaliou como positivo o resultado do encontro desta terça-feira: “É o começo de uma boa amizade com a LPF. Somos 13 equipes unidas e temos que seguir adiante, até conseguirmos nossos objetivos”.

La Liga 2012/13 começa neste sábado, com três partidas. Ao longo da primeira rodada, serão três jogos no polêmico horário das 23 horas: Mallorca x Espanyol, Levante x Atlético de Madrid e Zaragoza x Valladolid.