Curitiba no parece Brasil
(Curitiba não parece o Brasil)

Primeiro, um exemplo negativo. O colunista JJ Santos, do jornal espanhol As, até tenta tomar cuidado para não soar preconceituoso, mas deixa escapar alguns estereótipos na sua forma de ver o Brasil. Para elogiar a decisão da RFEF (federação espanhola) de colocar a seleção em Curitiba, ele elogia a cidade, mas afirma que o Brasil não pode ser como a capital paranaense.

As World Cup Nears, American ‘Football’ Fans Adapt Foreign Traditions
(Com a aproximação da Copa do Mundo, americanos fãs de “football” se adaptam a tradições estrangeiras)

O conflito que começa a surgir entre os torcedores de futebol nos Estados Unidos, sobretudo pelos que querem absorver toda a cultura futebolística de europeia e latino-americana, a ponto de se negar a usar o termo “soccer”. Por Sarah Lyall, do New York Times.

A Tale of Two Cities — And Two World Cups
(Um Conto de Duas Cidades – e duas Copas do Mundo)

James Young, do ESPN FC, faz um relato bem interessante sobre Manaus, os problemas da cidade e como a capital amazonense muitas vezes é ignorada pela mídia dentro do próprio Brasil.

El estadio del partido inaugural, sin acabar
(O estádio da partida de abertura, inacabado)

O Marca relata que, na véspera da abertura da Copa, a Arena Corinthians ainda está em obras. Mais que afirmar, eles mostram em um vídeo. O texto até faz parecer que a situação é pior do que a apresentada pelas imagens, mas é uma informação importante porque, no final das contas, não era para ter obra alguma.

The Pleasures of Rooting Against Brazil
(Os prazeres de torcer contra o Brasil)

O mexicano León Krauze conta no site norte-americano New Republic por que torce contra o Brasil nas Copas do Mundo, ainda que admire o futebol brasileiro.

Também lemos isso:

Paulistano passa em teste e ajuda até turista ‘rival’; veja vídeo

Ricardo Bunduky, da Folha, se passa por um turista-torcedor croata que precisa de inforamções nas ruas de São Paulo. Os paulistanos até mostram boa vontade e se esforçam, a ponto de um mais empolgado até dar detalhes das casas de prostituição mais sofisticadas da cidade.

Sobreviventes do caos, ‘descobridores’ da Croácia secam o Brasil em São Paulo

André Linares, Lucas Borges e Paulo Cobos contam a história de Sime Deur e Milan Ivko, dois croatas que adotaram São Paulo.