A partir desta segunda-feira, em clima de Copa do Mundo, vamos tentar ficar de olho em como a imprensa internacional está cobrindo o torneio, que começa na próxima quinta.

Silence in the favela: love and soccer in Brazil’s best worst
(Silêncio na favela: amor e futebol no melhor do pior do Brasil)

O repórter Matt Negrin, do SB Nation, passou uma semana morando com uma família da favela de Bangu, no Rio de Janeiro, e descreve a vida nesse universo que ainda é tão desconhecido para os estrangeiros. Mais do que isso, quebra alguns preconceitos.

Throw Fifa out of the game
(Tire a Fifa do jogo)

Dave Zirin, do New York Times, discorre sobre a corrupção intrínseca à Fifa e comemora que pela primeira vez a entidade vai enfrentar uma audiência revoltosa no Brasil, que ferve em protestos.

Las distancias en Sao Paulo, otro rival de peso
(As distâncias em São Paulo são outro rival de peso)

Leonardo Duque, repórter do Futbolred, da Bolívia, descobriu a difícil mobilidade urbana de São Paulo ao demorar duas horas para chegar na Arena Corinthians. Como ele está morando em Interlagos, até que o nosso amigo boliviano não demorou tanto.

Every 2014 World Cup national anthem reviewed by a pop star!
(Todos os hinos nacionais da Copa do Mundo de 2014 comentados por um pop star)

O jornal britânico The Guardian selecionou uma estrela da música pop para analisar cada um dos 32 hinos nacionais que vão ser cantados na Copa do Mundo de 2014. Coisa de louco.

E também lemos algumas coisas legais:

Globalização FC

O Globo Esporte fez um infográfico muito bacana com estatísticas de todas as Copas do Mundo. Dá para saber em qual clube jogava cada jogador convocado, qual clube cedeu mais jogadores, etc. A arte foi de Alexandre Lage, Carlos Lemos, Fabio Penna e Mario Guilherme e a pesquisa de Thiago Quintella e Igor Gonçalves.