Lobo Fischer dividido entre Botafogo e San Lorenzo

Nesta terça, Botafogo e San Lorenzo abrem a fase de grupos da Libertadores. E os dois clubes possuem um ídolo em comum: o atacante Rodolfo José Fischer, ‘El Lobo’, que marcou época entre as décadas de 1960 e 1970. Eduardo Zobaran entrevistou o veterano para O Globo, relembrando o passado e também comentando o carinho de Fischer por alvinegros e cuervos.

Homossexualidade no esporte: Brasil mantém futebol dentro do armário

Um excelente especial assinado por Alexandre Alliatti, do Globo Esporte, pegando gancho com as polêmicas levantadas com as leis anti-homossexuais da Rússia durante os Jogos Olímpicos de Inverno. A matéria traz um ótimo panorama da relação entre futebol e homossexualidade, comparando o tabu criado no Brasil com a situação de outros países.

7 motivos para acompanhar de perto a nova Copa Verde

Não há competição mais exótica no Brasil do que a Copa Verde. O torneio reúne clubes do Norte, do Centro-Oeste e também de um deslocado Espírito Santo, digladiando-se em mata-matas e valendo ainda vaga na Copa Sul-Americana. E Júlio Simões, do blog Última Divisão, dá as razões pela qual a copa será imperdível para quem gosta de futebol alternativo.

Na lista da última convocação antes da Copa? Ainda dá para morrer na praia

O site da ESPN fez um levantamento bastante interessante sobre as últimas convocações do Brasil para a Copa do Mundo. A partir de 1994, foram até comuns os casos de jogadores que acabaram ficando de fora do Mundial. A matéria ainda traz um vídeo, com os comentaristas do canal falando sobre as últimas vagas em aberto no elenco.

O Audax que você não conhece

Bem, não é o que lemos, mas o que vimos. O Globo Esporte de São Paulo fez no final de semana uma matéria para explicar a maneira como joga o Audax, as trocas de passes e a movimentação dos jogadores. Neste domingo, o Palmeiras acabou sentindo esta qualidade. A reportagem é de Nathalie Gedra.

Estraga-prazer? Revoltado, Mamoré tentará anular festa pelo gol 1000 de Túlio Maravilha

Túlio ficou todo felizão em marcar o seu suposto gol 1000 neste final de semana, não é? Quem não ficou tão contente assim foi o presidente do Mamoré. E o cartola quer impugnar o lance, por conta do gol que originou o pênalti convertido pelo veterano. José Edgar de Matos, da ESPN, conversou com o dirigente.