Torcedor fanático se veste de verde e amarelo há quase 20 anos

A reportagem da BBC Brasil, com vídeo, conta a história de um torcedor que fez uma promessa caso o Brasil conquistasse o tetracampeonato em 1994: vestiria verde, amarelo, azul e branco para o resto da vida. E está cumprindo com a palavra, como mostra o repórter Luis Kawaguti.

Seu irmão faz gol contra. Acaba morto. Como reagir ao ver o assassino?

José Ricardo Leite e Vanderlei Lima conversaram com Santiago Escobar, irmão do ex-zagueiro Andrés, que foi assassinado depois da Copa do Mundo de 1994. Santiago conta como reagiu quando encontrou o assassino do seu irmão Humberto Muñoz Castro, em um restaurante, depois que ele foi solto da prisão.

Os times do exterior, o twitter e a falta que uma arquibancada faz na vida de tanta gente

Mauro Cezar Pereira, da ESPN Brasil, escreveu um bom texto sobre a importância de frequentar os estádios para cultivar a paixão pelo futebol e também aprender as particularidades do jogo mais legal do mundo.

Um ano depois, Piratinha vê reta final de tratamento e festeja fase de Barcos

Um ano depois de Hernán Barcos visitar uma garotinha gremista com leucemia que imitou a comemoração de gol do Pirata, o repórter Paulo Ludwig, do Globo Esporte, foi conferir como estava a vida da jovem que luta pela vida. E encontrou boas notícias.

Clubes podem ir à Justiça contra a Fifa para atuar em casa no Brasileiro

Sempre bem informado sobre os bastidores do futebol brasileiro, Marcus Alves, da ESPN Brasil, fala sobre a movimentação dos clubes brasileiros, que pensam em entrar na justiça para evitar que sejam impedidos de jogar em seus estádios por causa das seleções que virão jogar a Copa do Mundo.

Estádio mais caro da Copa queria selo verde. Não terá nem obras de entorno

Mais caro estádio da Copa, o Mané Garrincha está longe de ficar pronto, apesar de já ter até sediado a Copa das Confederações. As obras do entorno não ficaram prontas até o Mundial, sequer as instalações sustentáveis que lhe renderiam o “selo verde”, de arena ecológica, como mostra a matéria de Aiuri Rebello, do UOL.