* Unglaublich = “incrível” em alemão

Brazil 2014: Four days in, and already on course to be the best World Cup EVER
(Brasil 2014: Em quatro dias, e já a caminho de ser a melhor Copa do Mundo DA HISTÓRIA)

O Yahoo britânico juntou dez motivos para dizer que a Copa do Mundo de 2014 é a melhor de todos os tempos. Há vários argumentos, relacionados aos jogos e também com motivos extracampo. E os gringos estão curtindo mesmo o clima do Mundial no Brasil.

Visualising ancestral and international connections between teams
(Visualizando a ascendência e as conexões internacionais entre as seleções)

Um infográfico fora de série para representar a multinacionalidade dos jogadores da Copa. Ele mostra as conexões dos elencos com outros países, considerando parentesco, nascimento e passaporte. Vale muito dar uma navegada.

Diplomacy and Soccer for Biden in Brazil
(Diplomacia e futebol para Biden no Brasil)

Texto de Simon Romero, no New York Times, detalhando a missão diplomática do vice-presidente americano Joe Biden em sua visita ao Brasil durante a Copa do Mundo.

Soccer a distraction from Honduras’ reality
(Futebol, uma distração da realidade de Honduras)

Matéria assinada por Wright Simpson, do ESPN FC, relatando a forma como o futebol ajuda o povo hondurenho a se desligar da realidade local, marcada principalmente pela violência.

Argentina and Brazil fans celebrate in Rio’s Maracana
(Torcedores de Argentina e Brasil celebram no Maracanã)

Outro texto do ESPN FC, em que há o relato sobre a festa da torcida argentina no Maracanã durante a vitória sobre a Bósnia e também a disputa de cânticos com os brasileiros presentes no estádio.

Também lemos isso de legal:

Voos na Copa atrasaram menos do que o esperado pela ANAC

Matéria da Folha de S. Paulo, assinada por Lucas Vettorazzo. O repórter conversa com o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco

Joel Campbell enfim ganha sua figurinha

O jornalista Rafael Luis Azevedo, do Verminosos por Futebol, foi atrás de Joel Campbell, da Cosa Rica. Tudo para lhe entregar sua figurinha no álbum da Copa, que ele não encontrou em 100 pacotinhos. Veja como foi o encontro.

Carlinhos Brown faz tour pela Globo com sua rejeitada caxirola: “pode tocar hino do Brasil”

Você se lembra da caxirola? Pois é, Carlinhos Brown ainda está tentando emplacar o instrumento musical esquisito, que tentaram enfiar goela abaixo da torcida brasileira. Parece que não vai dar certo.

Com faixa na cueca, índio burlou regra para dar recado a Dilma no Itaquerão

Matéria de Vinícius Segalla, no UOL, falando sobre um momento que não foi tão notado na abertura da Copa: o protesto de um jovem índio guarani.