Berardi Sassuolo Milan 169

Com só 19 anos, Berardi teve contra o Milan uma noite para nunca mais esquecer

A temporada mal chegou à metade, e já deve ter torcedor da Juventus ansioso pela próxima. Não que a Velha Senhora esteja mal. Muito pelo contrário: lidera a Serie A com oito pontos de vantagem para a segunda colocada Roma. O motivo da empolgação é outro: Domenico Berardi. O jogador de apenas 19 anos do Sassuolo não sente o peso de ainda ser muito jovem e tem se destacado no Campeonato Italiano. Contra o Milan, deixou isso muito claro. Brilhou com uma tripletta ainda no primeiro tempo e fez o quarto gol para garantir aos donos da casa a vitória contra os Rossoneri por 4 a 3.

Esta foi a segunda vez que o jovem atacante conseguiu três ou mais gols na temporada. Contra a Sampdoria, em 3 de novembro, havia feito três. Os quatro deste domingo o levaram a 11 no Campeonato Italiano, em 14 jogos disputados. Agora está a apenas três tentos do artilheiro Giuseppe Rossi, que, contundido, pode ser superado antes de poder retornar aos gramados.

Desde 1994/95, Berardi é o jogador mais jovem a marcar 4 gols em um jogo da Serie A e o único a fazê-lo contra o Milan.

Os gols de Berardi contra o Milan não representaram apenas estatísticas ainda melhores para o atacante na temporada. Acima de tudo, mostraram algumas de suas qualidades que fizeram a Juventus garantir sua contratação tão cedo. Velocidade, bom posicionamento e oportunismo puderam ser vistos enquanto o garoto destruía o time de Milão. Tanto ao lado de Carlos Tevez quanto de Llorente, Berardi não teria dificuldades em se destacar. Mostra capacidade para fazer parceria com qualquer tipo de atacante.

O presidente do Sassuolo, Giorgio Squinzi, é torcedor declarado do Milan e havia dito antes da partida que seria neutro no duelo entre as duas equipes. Mas dificilmente o mandatário conseguiu ficar indiferente à atuação impressionante de seu jovem jogador. Vê-lo mostrando todo seu potencial contra um time como o Milan certamente lhe deu a confiança de que alguém lá na frente terá capacidade para tentar evitar o rebaixamento dos Neroverdi.

Evidentemente, Domenico Berardi teve a contribuição de uma fraca defesa do Milan para marcar os quatro gols. Os Rossoneri começaram o jogo muito bem ofensivamente, especialmente quando a bola passava pelos pés de Kaká e Mario Balotelli, fazendo 2 a 0 em poucos minutos. Mas não há ataque que garanta resultado quando o setor defensivo é tão vulnerável. Para quem por tanto tempo se acostumou a ver Alessandro Nesta e Paolo Maldini lá atrás, não deve ser fácil assistir à equipe atualmente.

Como nada disso é problema do Berardi, ele aproveitou e foi à forra em sua partida mais memorável até agora. Pelo o que mostrou neste jogo, e na temporada até agora como um todo, o atacante tem tudo para ter muitas atuações inesquecíveis no decorrer de uma carreira que está apenas em seu início. O Sassuolo desfruta disso enquanto pode, a Juventus não vê a hora de tê-lo em seu elenco, e a seleção italiana se enche de esperança de, no futuro, ter um cara tão decisivo.