Um dos pontos mais importantes desta última data Fifa ia além da classificação à Copa do Mundo. Algumas seleções estavam praticamente classificadas, apenas esperando uma confirmação formal. Eram os casos de Espanha e França. As duas seleções olhavam mais à frente: subir posições no ranking da Fifa para ficar entre os sete primeiros e, assim, ser cabeça de chave no sorteio da Copa do Mundo 2018, em dezembro. Só a França conseguiu.

LEIA TAMBÉM: Gales já ficou a uma vitória da Copa em 1994, mas acabou frustrado pela Romênia de Hagi

O anúncio do ranking da Fifa, nesta segunda-feira, confirmou que a França ficou em sétimo lugar, subindo uma posição e, assim, garantindo o posto de cabeça de chave. A Espanha fez a sua parte ao vencer os dois jogos que tinha, mas não foi suficiente. Ficou em oitavo lugar. Precisaria torcer para que a Argentina, quarta colocada, ficasse fora da Copa. Como não aconteceu, os campeões mundiais de 2010 ficarão no pote 2.

Um dos que mais subiu também foi o Peru, que entrou no top 10 ao subir duas posições. A Suíça foi uma das que mais perdeu entre as seleções mais bem colocadas, descendo quatro posições. A Colômbia foi outra a descer, caindo três degraus e ficando em 13ª.

O ranking era importante também para os times europeus que jogarão a repescagem para a Copa. Os quatro melhores colocados são cabeças de chave e enfrentam os quatro piores. A Suíça é o país mais bem colocado (11º), seguido por Itália (15º), Croácia (18º) e Dinamarca (19º). Esses quatro times serão sorteados para enfrentar Irlanda do Norte (23º), Suécia (25º), Irlanda (26ª) e Grécia (47ª).

A seleção que mais perdeu posições nesta edição do ranking foi o Equador, que ficou fora da Copa. os equatorianos caíram 25 posições, indo para a 60ª posição, mesmo número de posições perdidas pela Lituânia (145ª no ranking). Já quem mais subiu não foi muito sentido: o Turcomenistão, que subiu 22 posições. E olha que o time só disputou as Eliminatórias da Copa da Ásia, ainda em fases preliminares.

Entre os 30 primeiros colocados no ranking da Fifa, só metade está classificada diretamente à Copa 2018, enquanto outros oito ainda disputam a repescagem. Outros sete países entre os 30 primeiros não irão ao Mundial na Rússia.

Veja o ranking de outubro, que será usado para o sorteio da Copa 2018, que será no dia 1º de dezembro. Em negrito, as seleções classificadas à Copa; em itálico as que irão disputar a repescagem:

1 – Alemanha – 1631
2 – Brasil – 1619
3 – Portugal – 1446
4 – Argentina – 1445
5 – Bélgica – 1333
6 – Polônia – 1323
7 – França – 1226
8 – Espanha – 1218
9 – Chile – 1173
10 – Peru – 1160
11 – Suíça – 1134
12 – Inglaterra -1116
13 – Colômbia – 1095
14 – Gales – 1072
15 – Itália – 1066
16 – México – 1060
17 – Uruguai – 1034
18 – Croácia – 1013
19 – Dinamarca – 1001
20 – Holanda – 931
21 – Islândia – 920
22 – Costa Rica – 914 
23 – Irlanda do Norte – 889
24 – Eslováquia – 885
25 – Suécia – 872
26 – Irlanda – 866
27 – Estados Unidos – 843
28 – Tunísia – 834
29 – Escócia – 821
30 -Egito – 818