Parreira anunciou nesta quarta-feira a lista com 26 convocados para os dois últimos jogos das eliminatórias, contra Bolívia (9 de outubro) e Venezuela (12 de outubro). Ao contrário do que se poderia esperar, Parreira não poupou nenhum jogador, mesmo com a classificação para a Copa já garantida.

Ronaldinho Gaúcho e Roque Júnior retornam após cumprirem suspensão contra o Chile. A novidade ficou por conta do retorno de Alex, do Fenerbahçe.

´´Convocamos 26 jogadores como uma maneira de precaução. Estou satisfeito com o desempenho da Seleção. Os resultados mostraram que, independentemente de nomes, estamos no caminho certo´´, declarou Parreira durante a coletiva em que anunciou a relação dos convocados.

O técnico ainda comentou o fato de chamar a força máxima. ´´A cada momento em que pudermos, temos de reunir os principais jogadores. Precisamos melhorar o sentido de equipe para ganharmos a Copa do Mundo´´.

A partida contra a Venezuela, em Belém, provavelmente será a última da Seleção em território nacional. Ao contrário das preparações anteriores para a Copa, o grupo não ficará em Teresópolis por um tempo. O time se reunirá diretamente na Europa, logo após o final da temporada.

Confira a relação completa de convocados:

Goleiros:
Dida (Milan)
Júlio César (Inter de Milão)
Gomes (PSV)

Laterais:
Cafu (Milan)
Cicinho (São Paulo)
Roberto Carlos (Real Madrid)
Gustavo Nery (Corinthians)
Gilberto (Hertha Berlim)

Zagueiros:
Roque Júnior (Bayer Leverkusen)
Juan (Bayer Leverkusen)
Lúcio (Bayern de Munique)
Luisão (Benfica)

Volantes:
Emerson (Juventus)
Gilberto Silva (Arsenal)
Zé Roberto (Bayern de Munique)
Renato (Sevilla)

Meias:
Kaká (Milan)
Ricardinho (Santos)
Júlio Baptista (Real Madrid)
Alex (Fernebahçe)
Juninho Pernambucano (Lyon)

Atacantes:
Ronaldo (Real Madrid)
Ronaldinho (Barcelona)
Adriano (Inter de Milão)
Robinho (Real Madrid)
Ricardo Oliveira (Betis)