O Atlético de Madrid venceu a mais dura de suas batalhas finais pelo título de La Liga. A equipe visitou o Valencia já esperando um duro duelo no Mestalla, mas conseguiu o triunfo pelo placar mínimo para se manter na ponta da tabela. Um dos elementos da vitória foi mesmo a sorte de campeão, como no chute de Feghouli que pareceu ser desviado por uma mão sobrenatural, tirando a bola da rota do gol e a mandando rente à trave direita. Entretanto, o mais importante deles foi mesmo a segurança defensiva da equipe de Diego Simeone, fortemente baseada na qualidade do goleiro Thibaut Courtois.

>>> A partida fechada não poderia deixar mais aberto o duelo entre Atlético e Chelsea

Que o belga faz uma grande temporada, todo mundo já sabe. Neste domingo, Courtois não foi tão testado, mas quando a bola chegou à sua meta, defendeu com segurança. O miolo de zaga, formado pela ótima dupla Diego Godín e Miranda, fez mais uma partida sem riscos. Sem ser vazada no Mestalla, a defesa do Atleti chegou à sua sexta partida seguida sem sofrer gols, mérito compartilhado por toda a equipe, que faz intensa marcação, mas, sobretudo, graças ao ótimo trabalho dos zagueiros e do goleiro.

Com esse jogo, Courtois chegou a 20 partidas sem sofrer gols nesta temporada do Campeonato Espanhol. O número já havia sido alcançado pelo belga também na campanha passada, e isso o tornou o primeiro arqueiro a alcançar tal marca em duas temporadas distintas.

>>> A ligação de Fernando Torres com Diego Simeone é mais antiga que você imagina

Com um jogo a mais que o Real Madrid, o Atlético abriu vantagem de seis pontos na ponta da tabela. Já são nove vitórias consecutivas dos comandados de Simeone no Espanholão. Seguindo a lógica, a equipe não deverá ter grandes problemas para superar Levante e Málaga nas próximas duas rodadas. E é justamente desses dois triunfos que o clube precisa para se sagrar o campeão, chegando à rodada final, contra o Barcelona, já com a taça garantida.

Se o Valencia não foi capaz de brecar o ímpeto colchonero, é difícil imaginar que os outros dois adversários consigam. Esta rodada era talvez a última chance real de o rival de Madri colocar fogo na briga pelo título. Merecidamente, o Atleti passou pelo teste e agora sabe que pode contar com sua zaga aguerrida e um goleiro de qualidade incrível para segurar a bronca lá atrás, enquanto Diego Costa e companhia fazem seu dever lá na frente.