A lamentação colombiana que você tem visto por aí após a lesão de Radamel Falcao García não é exagero da imprensa ou algo do tipo. Os Cafeteros realmente estão todos aflitos por ficar sem seu maior craque para a disputa da Copa do Mundo, tanto que até o presidente da Colômbia quis dar uma força especial para o atacante.

Na Suíça para participar do Fórum Econômico Mundial, Juan Manuel Santos já avisou que, antes do retorno para o país, faria uma escala na cidade do Porto, em Portugal, onde Falcao passaria por cirurgia neste sábado, para se encontrar com o jogador e mostrar seu apoio.

“Vamos aproveitar a oportunidade de fazer a escala em Portugal, no Porto, e visitar o Falcao, que vai ser operado pela manhã. Vamos visitá-lo após a operação, para desejar-lhe, em nome de todos os colombianos, uma rápida recuperação”, contou o presidente.

A atitude partindo do chefe de estado do país mostra o significado da lesão de Falcao García para a Colômbia. Mesmo otimistas com a ótima geração que têm, os colombianos sabem que o atacante era a grande esperança da seleção de fazer história na Copa do Mundo, e a lamentação por seu iminente desfalque é gigante. Apesar de as informações darem conta da ausência do jogador no Mundial, o povo colombiano, no fundo, mantém uma expectativa de que um milagre aconteça e o craque vista a camisa amarela no Brasil em junho. Convenhamos, todos nós temos essa pontinha de esperança.

Falcao Juan Manuel Santos