A menos de uma semana da partida de abertura, todo mundo só quer saber de Copa do Mundo. É até natural. Mas ainda tem muita bola rolando pelos mais diferentes rincões do planeta, e mesmo alguns países bem tradicionais. Como, por exemplo, a Espanha, que segue firme (sim, ainda segue) com sua segunda divisão. E quem ficou de olho com o que aconteceu neste sábado viu um desfecho espetacular para as equipes que lutavam contra o rebaixamento, em especial para o tradicional Alavés.

Nesta última rodada, somente Hercules já tinha sua queda confirmada, enquanto outros sete clubes tentavam fugir da degola. Na temporada em que o Barcelona B igualou a melhor campanha de sua história, terminando em terceiro (o que, apesar da posição, não lhe dá direito de brigar pelo acesso), o Real Madrid Castilla caiu após dois anos seguidos na segundona. Um gol logo aos 15 minutos do Real Murcia tirou suas esperanças logo.

Restavam então, dois lugares no Z-4. E ninguém parecia tão apto a fugir. Aos 30 minutos do segundo tempo de todos os jogos, estavam perdendo ou empatando Ponferradina, Mallorca, Mirandés e Alavés. O Girona vencia o Deportivo de La Coruña, que já tinha o acesso garantido por antecipação. E o Real Jaén era quem se dava bem no confronto direto com o Alavés, com 1 a 0 no placar. Pois essa partida concentrou todas as emoções nos instantes finais.

Naquele momento, a vitória salvava o Real Jaén. Mas o sopro de esperança do Alavés começou a ser sentido aos 37 minutos do segundo tempo, quando Juanma empatou o jogo. E virou no minuto seguinte, com Quiroga, o gol que tirava o clube da degola e rebaixava o Real Jaén. Porém, o balde de água fria foi instantâneo: aos 39 (sim, três gols aconteceram em um intervalo de três minutos), Fran Machado empatou. Com aquele resultado, os dois times morriam abraçados, beneficiando o Mirandés. Tinham seis minutos mais acréscimos para buscar um gol. E foi isso que o Alavés conseguiu. Guzmán foi o herói aos 48 do segundo tempo, em um tento para enlouquecer a torcida visitante com a inacreditável vitória por 3 a 2.

O Real Jaén acabou rebaixado ao lado do Mirandés. O Mallorca se salvou, os funcionários ganharão o bicho prometido pelos jogadores e surgem rumores de que até Roman Abramovich poderá comprar o clube. Mas ninguém é mais feliz que a torcida do Alavés, depois do milagre que presenciou. Só reforça as esperanças de, quem sabe, o clube retome os seus períodos áureos, quando fazia parte de La Liga e chegou até a final da Copa da Uefa. É difícil, mas, depois deste sábado, está mais provado de que o impossível não está mais no vocabulário.

Abaixo, o vídeo da partida espetacular, Real Jaén 2×3 Alavés: