Entre as primazias de Pelé em Copas do Mundo, está o raro feito de ter anotado gols em quatro edições diferentes do torneio. Apenas os alemães Miroslav Klose e Uwe Seeler foram capazes de registrar tal marca, um recorde da competição. A fome de gols do Rei se concentra principalmente em 1958 e 1970, fundamental aos títulos da seleção brasileira. Já nos outros Mundiais, em que sofreu com as lesões, balançou as redes apenas uma vez. E o seu tento em 1962 acaba se tornando uma pérola pouco apreciada. Uma pintura que fechou a vitória por 2 a 0 sobre o México na estreia, em 30 de maio, dias antes que o craque precisasse sair de campo amparado ao se machucar contra a Tchecoslováquia.

Jogando no Estádio Sausalito, em Viña del Mar, o Brasil passou em branco no primeiro tempo contra os mexicanos. Pelé criou boas chances, carimbando o travessão, mas o nervosismo pesava contra os brasileiros, errando demais diante da forte marcação de El Tri. Somente na segunda etapa é que os campeões mundiais puderam comemorar. O primeiro gol saiu aos 11 minutos, em jogada que começou justamente com Pelé, até que os adversários errassem na saída de bola e o camisa 10 cruzasse na medida para Zagallo completar de peixinho. Já aos 28, o Rei aprontou. A partir da ponta direita, passou como quis por quatro marcadores adversários, conseguindo se desvencilhar mesmo quando agarrado. Mandou o chute no cantinho do goleiro Antonio Carbajal, sacramentando o triunfo inaugural.

“Muito vigiado, com os seus passes tolhidos pelos defensores contrários, não pôde produzir tudo o que é capaz na primeira etapa. Nos 45 minutos finais, exibiu todos os seus dotes e acabou fazendo jus ao invejável cartaz que desfruta”, avaliou o Jornal dos Sports do dia seguinte, sobre Pelé. Em uma pontuação que previa até cinco estrelas, o camisa 10 recebeu quatro, abaixo apenas do goleiro Carbajal. Início promissor que acabou sendo a contribuição isolada do garoto de 21 anos no bicampeonato mundial. Mas que não deixaria de contar com sua estrela, suplantada brilhantemente por Amarildo.

*****

A partir desta quarta-feira, 30 de maio, vamos relembrar os jogos de Copa do Mundo ocorridos na mesma data durante edições passadas do torneio. Traremos uma história principal, contada brevemente, e uma seleção de vídeos. Em 30 de maio, apenas a Copa do Mundo de 1962 teve registros.

*****

1962: Brasil 2×0 México

Primeira rodada da fase de grupos
Estádio Sausalito, Viña del Mar (CHI)
Gols: Zagallo e Pelé (BRA)

1962: Chile 3×1 Suíça

Primeira rodada da fase de grupos
Estádio Nacional, Santiago (CHI)
Gols: Sánchez, duas vezes, e Ramírez (CHI); Wüthrich (SUI)

1962: Uruguai 2×1 Colômbia

Primeira rodada da fase de grupos
Estádio Carlos Dittborn, Arica (CHI)
Gols: Cubilla e Sasía (URU), Zuluaga (COL)

1962: Argentina 1×0 Bulgária

Primeira rodada da fase de grupos
Estádio El Teniente, Rancagua (CHI)
Gols: Facundo (ARG)