Com o Real Madrid em crise, especulações sobre reforços sempre surgem na imprensa. O boato mais recente é a velha busca por goleiros. David De Gea teria decidido se transferir para o clube espanhol e o preço exigido seria de £ 115 milhões. Ao mesmo tempo, Thibaut Courtois reforçou em público o seu desejo de retornar para a capital espanhola, onde defendeu o Atlético de Madrid de 2011 a 2014.

LEIA MAIS: Watford goleia por 4 a 1, e a deterioração do Chelsea segue acelerada

O problema de Courtois é familiar. Seus dois filhos moram com a mãe em Madri e o goleiro do Chelsea sente saudades. Disse à Sport Foot Magazine, da Bélgica, que sempre fala com a filha por Facetime, mas o filho ainda é pequeno demais para se comunicar assim. “Ela frequentemente diz que sente saudades de mim. Sempre que tenho a oportunidade, eu tento voltar para a Espanha porque essa situação não é sempre fácil”, afirmou.

Courtois disse que, caso o Real Madrid fizesse uma abordagem para contratá-lo do Chelsea, a situação familiar pesaria a favor de uma mudança para a Espanha. “Sim, meu coração está em Madri. É lógico e compreensível. Se o Real estiver realmente interessado, minha situação pessoal pode afetar as coisas”, disse.

O goleiro belga de 25 anos afirmou, no entanto, que ainda não houve contato com o Real Madrid. “Eu entendo os rumores, mas não dou muita atenção para eles. Estou focado no Chelsea. Se o Real Madrid me quiser, precisa entrar em contato com o Chelsea, mas nunca fez isso. A verdade é que um dia retornarei para Madrid. Eu amei a cidade e passei três anos maravilhosos lá. Quando a deixei, eu chorei, e meus primeiros dias em Londres não foram fáceis”, relatou.

Courtois, com vínculo até 2019, descartou deixar o seu contrato acabar para facilitar a transferência para o Real Madrid. “Concordei com o Chelsea que nos reuniríamos em fevereiro porque em janeiro o clube tinha assuntos mais urgentes para lidar”, contou. “Não há pressa. Tenho contrato até 2019 e normalmente não há problema. Eu vou renovar, estou feliz aqui e ainda vejo o clube indo na direção de conquistar mais títulos.”