Cristiano Ronaldo se tornou uma lenda viva no futebol. O português tem 33 anos, cinco Bolas de Ouro, uma Eurocopa por Portugal, três Mundiais de Clubes, quatro Champions League, dois Campeonatos Espanhóis, três Campeonatos Ingleses… A lista de títulos é bem vasta. Ele é visto como um exemplo de esforço, trabalho e superação, o que amplia ainda mais o talento que ele possui. Em entrevista ao canal Desimpedidos, Cristiano Ronaldo falou sobre a Bola de Ouro, Copa do Mundo. O vídeo é legal demais e foi feito por Fred, declaradamente um fã do craque.

LEIA TAMBÉM:Chuteiras de Cristiano Ronaldo e Neymar para a Copa 2018 focam em um aspecto: velocidade

O início

“Eu sabia que era uma criança especial. Quando jogava com meus companheiros, eu sentia que era melhor. Fazia coisas que eles não conseguiam. Mas não ao ponto de ‘vais ganhar uma Bola de Ouro’, porque isso é muito difícil”.

“Fui para Manchester… Joguei no Sporting, depois foi para o Manchester. E a partir daí senti, vou jogar com os melhores do mundo, contra os melhores do mundo, e mesmo assim consigo me destacar deles. Aí comecei a pensar: ‘Posso ganhar uma Bola de Ouro’. Foi aí que tudo aconteceu. Mas começou desde jovem, 16, 17, 18 anos, comecei a sentir que era possível. Foi aí que tudo começou”.

Inspiração

“Eu digo sempre, eu sempre tive um objetivo que era ser profissional de futebol e jogar na seleção de Portugal. A esta altura, eu via os jogadores que se destacaram mais na seleção, Rui Costa, Fernando Couto, Figo. Eu queria jogar ao lado deles”.

Copa do Mundo

“Não somos favoritos. Temos que ser honestos, temos que ter a humildade de entender que teoricamente há equipes com mais nome. Caso do Brasil, da Espanha, da Alemanha, da própria Argentina. Nós não somos favoritos, mas no futebol tudo é possível. Vamos, na fase de grupos, tentar passar. Temos um primeiro jogo muito difícil, a Espanha, que é um candidato a ganhar o Mundial, mas temos que ir passo a passo. O primeiro passo é a fase de qualificação. A partir daí não sabemos, vamos ver. O objetivo é a primeira fase”.

Falta algum sonho?

“Sinceramente? Acho que não. Tudo aquilo que eu sonhei, eu alcancei no futebol. Se me perguntar, e não seria justo da minha parte, sonho podemos sonhar todos, mas acho que conquistar tantas coisas bonitas que não tenho mais sonhos. Se me perguntar se eu quero ganhar outra vez, ganhar por exemplo uma Copa do Mundo, óbvio. Mas se eu tivesse que terminar a carreira agora, ficaria super feliz, contente. Jamais pensava que minha carreira assim tão bonita”.

Bola de Ouro

“Nunca sonhei em ganhar cinco Bolas de Ouro. Como eu falei, se eu tivesse que terminar minha carreira agora, seria super, super, super feliz. Consegui ganhar tudo no futebol. Se eu ganhar mais uma Bola de Ouro, ou duas, ou três, encantado da vida. Mas também se não ganhar, já ganhei cinco, entendes? Obviamente que minha ambição, e me sinto com capacidades ainda, e força, para poder estar a disputar o melhor do mundo. Uns dizem ao contrário, mas eu tenho confiança em mim mesmo e acredito que ainda tenho potencial para disputar a Bola de Ouro. Dependente dos troféus que ganharmos, depende de como terminarmos a temporada, depende da Copa. Vai depender de muitos fatores”.

Assista ao vídeo que tem a entrevista e o encontro entre Fred e Cristiano Ronaldo: