Itália e Suécia fazem um dos duelos mais interessantes da repescagem das Eliminatórias da Copa. A disputa começa na sexta-feira, em Estocolmo. E um dos líderes da Itália, Daniele De Rossi, comemorou que Zlatan Ibrahimovic não esteja mais em campo do outro lado. O atacante se aposentou da seleção e, além disso, está machucado.

LEIA TAMBÉM: Pirlo pendura as chuteiras: o meia ofensivo comum que, ao recuar, se tornou lenda

Ibrahimovic, de 36 anos, se aposentou da seleção sueca após a Eurocopa de 2016, na França. Ele se recupera de uma grave lesão no joelho sofrida em abril. Com contrato renovado com o Manchester United, ele tenta se recuperar antes do fim do ano – está previsto para voltar a jogar só em 2018.

“O fato de não ter Ibrahimovic é uma vantagem para qualquer um que enfrentá-los”, afirmou De Rossi, em entrevista coletiva. “Mesmo com 40 anos e uma perna quebrada, eu nunca quero jogar contra o Ibra. Pode ser uma vantagem, é certamente melhor que ele não está lá”, continuou o meio-campista da Roma.

“Não é que o resto deles sejam estranhos, nós os conhecemos, alguns deles jogam na Itália, outros jogam em ligas importantes da Europa. Não são desconhecidos”, continuou. “Se a Copa do Mundo é importante para mim, que já joguei três, vamos pensar no quanto é importante para aqueles que nunca estiveram lá”.

“Ir para a Copa do Mundo é tudo. San Siro estará lotado, então será um grande palco e nós iremos provar que pertencemos a ele e estar à altura dele”, disse. “Pedir fé dos torcedores seria inapropriado agora, não é o momento. Nós temos que ganhar esse jogo”, continuou.

“Nós somos fortes, talvez melhores que a Suécia, mas há uma pequena sensação de medo que neste momento é quase necessário”, declarou o jogador. “Futebol é muito mais aberto agora, os grandes jogadores não estão apenas nos grandes países europeus ou Brasil e Argentina. Há, porém, muita confiança no vestiário”.

Para De Rossi, será necessário ter sangue frio. “Contra a Suécia, sangue frio será necessário, mas nós também precisamos jogar com muito suor e sacrifício”, analisou o veterano. “Se nós queremos ir para a Rússia, nós temos que jogar com a cabeça limpa e técnica. Eu absolutamente quero que nós nos classifiquemos”.

De Rossi e Ibrahimovic se enfrentaram na Eurocopa 2016, na França, como mostra a foto abaixo. Suécia e Itália começam o duelo pela vaga na Copa na sexta-feira, às 17h45 (horário de Brasília). O jogo será transmitido no Brasil pelo SporTV.