Com o advento da Copa do Mundo 2014, o futebol brasileiro enfim pôde jogar a pá de cal em um processo que já vinha engatinhando: a elitização do esporte. Com a construção de diversas arenas “padrão FIFA”, não só o ambiente da prática esportiva mudou, mas pouco a pouco o público (e seu comportamento) foi sendo também reconstruído.

VEJA TAMBÉM: O livro que discute a transformação da cultura torcedora no Brasil

Esse é o tema de mais um lançamento do Drible de Letra, que acontecerá em setembro: “Clientes versus Rebeldes – Novas culturas torcedoras nas arenas do futebol moderno”, de Irlan Simões. O lançamento acontecerá no dia 14/09 (quinta-feira) às 19h no Bistrô Multifoco na Lapa (Av. Mem de Sá 126, Lapa). A entrada é gratuita.

– Debate: Sequestro do Maracanã: 4 anos –

Em 2013 um dos símbolos do futebol brasileiro estava completamente remodelado, com novo dono, e totalmente alheio aos seus tradicionais usuários. O “New Maracanã” é o tema do debate que fará o lançamento de “Clientes versus Rebeldes” no Rio de Janeiro, numa mesa que será composta por especialistas oriundos das arquibancadas, em seus diversos sentidos.

Gilmar Mascarenhas – Professor do PPGEO-UERJ
Gustavo Mehl – Membro do Comitê Popular da Copa 2014
Luiz Antonio Simas – Autor do livro “Ode a Mauro Shampoo e outras histórias da várzea”
Diego Lima – Liderança do Movimento Nação 12, do Flamengo.
Edneida Freire – Movimento Maraca é Nosso.

Apoio: Trivela e Central3
Realização: Selo Drible de Letra / Editoria Multifoco

A ocasião do Rio de Janeiro é o primeiro dos três eventos pensados para o lançamento do livro. Na sequência acontecerá em São Paulo (23/9) , com o tema “O Brasil na rota do futebol moderno”; e logo depois será em Salvador (05/10), com o debate “BAVI da empresa à democracia torcedora”.