O PES 2018 foi lançado nesta terça-feira, 12 de setembro, depois de muita expectativa. A Konami, sua produtora, tem trabalhado muito para atrair os torcedores sul-americanos com a inclusão de times locais e com os torneios da Conmebol, como a Libertadores. Para quem estava ansioso por isso, porém, houve uma decepção: os clubes brasileiros estão com os elencos desatualizados.

LEIA TAMBÉM: Konami divulga trailer do PES 2018 e data para lançamento da versão demo

Mesmo aqueles com contratos com a Konami, como o Flamengo e o Corinthians, não trazem todos os jogadores do elenco atual. Algo que a empresa prometeu corrigir. E foi além: prometeu atualizações semanais à medida que os licenciamentos continuarem a ser feitos.

No Brasil, o licenciamento de clubes e jogadores é mais trabalhoso por ser individual. O jogo precisa negociar clube a clube para poder tê-los e, depois, negociar com todos os jogadores para que estejam licenciados. Em outros países, em que esse trâmite é coletivo, os times de uma liga podem ser licenciados em bloco, assim como os jogadores têm suas licenças negociadas pelos sindicados de atletas.

No Brasil, alguns clubes negociam os direitos de seus jogadores em bloco, de forma a facilitar, mas novos atletas não entram no acordo e precisam ser abordados individualmente. Por tudo isso, o jogo foi lançado agora, mas traz a impressão dos elencos serem de maio, quando começou o Campeonato Brasileiro.

O Flamengo, por exemplo, não tem as suas contrações de meio de ano, que fortaleceram o time. Os rubro-negros ficarão de cabelos em pé ao verem que Diego Alves não está entre os goleiros, assim como não estão no elenco Éverton Ribeiro e Rhodolfo. No São Paulo, não estão presentes Petros e Hernanes, para ficar em duas das contrações, assim como o Palmeiras não tem Deyverson. O Vasco ainda possui o volante Douglas, assim como Andrezinho, dois que já deixaram o clube. A maior parte dos times,  porém, não conta com os jogadores licenciados.

A boa notícia que a Konami divulgou foi que ela planeja o lançamento de um grande patch que trará um lote maior de atualizações. Mas, além disso, o jogo será atualizado semanalmente, de acordo com os jogadores que forem incluídos.

Veja o comunicado da Konami:

“Para nossos fãs no Brasil: pedimos desculpas por não disponibilizarmos as atualizações de elencos e clubes brasileiros da forma que esperávamos na data de lançamento. Ainda estamos no processo de obter aprovação de cada jogador atuando no Brasil antes de refletirmos estas mudanças no jogo.

Devido a este processo, planejamos proporcionar, em novembro, o primeiro de uma série de importantes patches que corrigirão diversos clubes e elencos brasileiros, assim como outras atualizações fundamentais para o jogo. Ainda, começando hoje, apresentaremos atualizações semanais para corrigir outros jogadores titulares e elencos, incluindo qualquer clube brasileiro com que tenhamos direitos assinados.

Nosso time está trabalhando intensamente com os clubes no Brasil para disponibilizar estas atualizações o mais rápido possível. Agradecemos a sua paciência e apoio”.