David di Tommaso, defensor do Utrecht, morreu na madrugada de segunda para esta terça em sua própria residência, enquanto estava dormindo. O francês, de 26 anos, não teria resistido a um ataque cardíaco, segundo a imprensa holandesa. Ele atuou na derrota de sua equipe para o Ajax, por 1 a 0, no último domingo.

O clube divulgou um comunicado nesta terça no qual exprime a surpresa em relação ao fato. “Ele morreu de uma maneira inesperada (…) e a circunstâncias que explicariam a morte dele serão apuradas”.

O jogador começou a carreira no Monaco e depois se transferiu para o Sedan. Di Tommaso se transferiu para o Utrecht em junho de 2004 e disputou 34 partidas na temporada passada. Na atual, entrou em campo 13 vezes. A torcida o elegeu no ano passado o melhor jogador do clube. Ele deixa mulher e um filho.