Benjamin Huggel, defensor suíço do Eintracht Frankfurt, recebeu ameaças de morte, segundo um comunicado divulgado pelo clube alemão nesta segunda. O clube anunciou que tomará medidas para cuidar da segurança do jogador.

As ameaças sofridas por Huggel apareceram no site oficial do Eintracht. O defensor participou da partida na qual a Suíça eliminou a Turquia da Copa. Após a derrota por 4 a 2, jogadores e policiais turcos agrediram os adversários no vestiário. Câmeras de tevê registraram o momento em que Huggel agride um dos membros da comissão técnica truca com um chute.

Na partida contra o Mainz, neste fim de semana, pela Bundesliga, Huggel confessou ao treinador Friedhelm Funkel estar perturbado pelos incidentes ocorridos em Istambul. “Isto vai além do futebol e entendo a situação dele”, comentou o técnico. O jogador se transferiu para o Eintracht em julho deste ano.