Os centroavantes do Chelsea nesta temporada merecem um estudo separado. Cada um no seu nível, os três mostraram qualidade ao longo da carreira, mas nenhum consegue enfileirar boas atuações. A cada momento, um deles se destaca. Nesta semana, foi a vez do senegalês Demba Ba, o mais discreto do trio, ofuscar Fernando Torres e Samuel Eto’o com dois gols importantíssimos.

>>>>O PSG foi valente, mas no fim pesou a experiência do Chelsea

O primeiro saiu no meio de semana contra o Paris Saint Germain, partida peculiar que teve os três camisas 9 em campo para abafar os franceses em busca do gol da classificação. No fim, Ba fez o segundo do Chelsea e garantiu a vaga na semifinal da Liga dos Campeões.

Neste domingo, foi a vez de ser decisivo pelo Campeonato Inglês. Chico tinha algum compromisso muito importante porque se esforçou bastante para ser expulso. Levou cartão amarelo aos 14 minutos e outro aos 16. Foi expulso e deixou o Swansea nas cordas contra um Chelsea que esmurra com a precisão de um míope sem óculos.

O time visitante atirou para todo lado, menos para a meta do goleiro Michel Vorm. Das 15 finalizações que não foram bloqueadas pelo Swansea, uma bateu na trave e 12 passaram longe. O holandês só trabalhou uma vez antes de Ba abrir o placar. O senegalês, que não era titular na Premier League desde outubro do ano passado, dominou um lançamento de Nemanja Matic com categoria e chutou forte. A bola passou por baixo de Vorm que, podemos dizer, engoliu um frango.

Depois da vitória do Liverpool sobre o Manchester City, no começo da rodada deste domingo, o Chelsea voltou a ficar bem posicionado na briga pelo título. Pode ser ultrapassado pelo City, que tem cinco pontos e dois jogos a menos, mas pode superar o time do ex-pupilo Brendan Rodgers se vencer, em Anfield Road. Vamos ver qual será o atacante mais afiado daqui a duas semanas.

LEIA MAIS:
Interferência da Uefa no caso Courtois deve mudar cláusula de empréstimos daqui em diante
A melhor cena da Champions até aqui: Mourinho após o segundo gol do Chelsea