Portugal Soccer

O Benfica soube muito bem como honrar Eusébio no clássico

O Benfica não poderia ter feito um tributo a Eusébio de melhor maneira. Exatamente uma semana depois da morte de seu maior ídolo, o clube encarnado foi a campo para clássico decisivo contra o Porto. Antes do início do jogo, jogadores e torcida fizeram uma enorme homenagem ao Pantera Negra. Já com a bola rolando, os benfiquistas rememoraram seus momentos mais gloriosos, com uma vitória por 2 a 0 que também rendeu a liderança isolada do Campeonato Português.

O espetáculo preparado para o Estádio da Luz foi fantástico. Primeiro, a torcida pintou as arquibancadas de negro, em luto ao eterno artilheiro. Depois, levantou bandeiras com o rosto de Eusébio e várias mensagens de carinho ao moçambicano. No centro do campo, a faixa com os dizeres ‘Eusébio Sempre’ resumia o sentimento de boa parte dos presentes no estádio. Além disso, foi organizado um minuto de silêncio, que reuniu todos os jogadores abraçados no círculo central e foi bastante respeitado também pela torcida do Porto.

Quando o jogo começou, Eusébio estava presente em campo. Mais especificamente, nas costas de todas as camisas dos jogadores do Benfica. E não surpreenderia se o antigo ídolo tivesse iluminado Rodrigo no tento que abriu o placar, aos 13 minutos. Combinando potência e precisão, o atacante fuzilou Helton, em uma jogada que poderia muito bem ter sido assinada pelo Pantera Negra.

O sequência do jogo foi bastante pegada. O Benfica criava mais chances, mas o Porto também conseguia ameaçar, especialmente com Jackson Martínez. No segundo tempo, porém, Ezequiel Garay tratou de definir o triunfo dos encarnados, de cabeça. Se a reação portista já parecia difícil, ficou ainda mais complicada aos 30 minutos da etapa final, quando Danilo simulou um pênalti, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O suficiente para que os benfiquistas administrassem a vitória com tranquilidade e fechassem o primeiro turno da Liga Sagres na primeira colocação.

Assim como na última temporada, o título português dá indícios que será decidido somente nos momentos finais – talvez, no reencontro dos dois rivais na última rodada, no Estádio do Dragão – e desta vez também com a participação do Sporting, que está um ponto à frente do Porto e dois atrás do Benfica, na segunda colocação. No entanto, neste momento os encarnados podem desfrutar da tranquilidade, premiados principalmente pela capacidade de decisão no clássico. Quem sabe, até mesmo sonhar com suas épocas mais vitoriosas, quando apenas um jogador com o nome ‘Eusébio’ nas costas já dava conta do recado.

Abaixo, a homenagem feita pela torcida e algumas fotos do clássico:

Portugal Soccer

eusebio

Portugal Soccer

Portugal Soccer

Rodrigo

Ezequiel Garay