O atacante Ryan Colclough viveu uma noite inesquecível na terça-feira, 21 de novembro. O jogador do Wigan fez dois gols na vitória sobre o Doncaster, pela League One, terceira divisão inglesa. Mais do que isso: foi substituído logo depois do seu segundo gol e correu para o hospital, de uniforme e tudo, para o nascimento do filho.

LEIA TAMBÉM: Polícia pede que os torcedores do West Ham parem de ligar para o número de emergência

O Wigan abriu o placar contra o Doncaster aos 40 minutos, em um gol contra de Joe Wright. Colclough marcou o seu primeiro gol no jogo aos 47 minutos do primeiro tempo. No início do segundo, Colclough aumentou o placar para 3 a 0 aos 13 minutos. Foi substituído aos 15 minutos.

“No intervalo, nós recebemos a mensagem que a bolsa da mulher dele rompeu, seu segundo filho”, contou o assistente técnico do Wigan, Leam Richardson. “Assim que ele marcou o seu segundo gol, tiramos ele de campo porque a sua cabeça estava em outro lugar”, continuou.

“Nós somos todos homens, somos todos indivíduos – alguns dos jogadores não teriam ido, eles estariam no vestiário até agora”, afirmou Richardson. “Outros querem sair direto para apoiar sua parceria e você respeita cada indivíduo no que eles querem fazer”.

Colclough foi fotografado ainda com o uniforme completo de jogo no hospital, com o seu filho no colo. A foto foi divulgada pelo presidente do Wigan, David Sharpe, que publicou no Twitter os parabéns ao jogador do clube.

O Wigan subiu para a segunda posição na tabela, com 39 pontos, um atrás do líder da League One, Shrewsbury. Os dois primeiros colocados sobem direto para a Championship, segunda divisão inglesa.