A Copa da Liga é uma das competições mais polêmicas na Inglaterra. Segunda copa em importância no país, atrás da Copa da Inglaterra, o torneio é quase sempre colocado de lado pelos grandes clubes. É frequente alvo de críticas porque preenche muito o calendário dos clubes – o que era justamente a ideia quando ela foi criada, curiosamente. Atualmente, muitos consideram um estorvo. Algo muito parecido com o estadual para os times brasileiros: enche o calendário e o título não significa muito. Mas perdê-lo acaba atrapalhando.

LEIA TAMBÉM: Apenas Arsenal e City correram riscos em dia de vitória dos grandes na Copa da Liga Inglesa

“O prêmio é bom quando você ganha mais um, mas você desperdiça muita energia”, afirmou Guardiola. O time do catalão venceu o West Brom por 2 a 1 na quarta, joga contra o Crystal Palace no sábado e depois viaja para a Ucrânia, onde enfrenta o Shakhtar Donetsk na terça-feira.

“Você não pode imaginar ir jogar conta um time de Tony Pulis em West Brom, jogar 90 minutos lá naquelas condições e depois três ou quatro horas – ônibus, volta, três dias depois o Crystal Palace, três dias depois o Shakhtar Donetsk, três ou quatro dias depois Stamford Bridge”, disse o técnico.

“Para os técnicos, é muita energia desperdiçada, mas nós sabíamos disso antes, então não é uma reclamação nesses termos. Se temos que jogar, temos que jogar”, afirmou ainda Guardiola.

Não só Guardiola reclamou. José Mourinho, do Manchester United, foi outro a criticar, e de forma bem mais dura. “Se você me perguntar se o futebol inglês pode sobreviver ou ser melhor sem essa competição? Talvez. Talvez nós estaríamos mais descansados para as copetições europeias”, analisou o técnico português.

Guardiola criticou algo que nós bem sabemos com os estaduais no Brasil. “Se você tem que jogar a competição, tem que jogar a competição, mas é um título que quando você ganha é ok, mas depois disso as pessoas não dão muito crédito”, afirmou.

Criada como um prêmio de consolação para quem já estivesse eliminado da Copa da Inglaterra, a Copa da Liga se tornou uma competição a mais para os clubes em uma liga com calendário dos mais congestionados. Os ingleses são os que mais jogam entre as grandes ligas do continente europeu.