Exatamente há um ano, aconteceu o lance mais importante da história da Chapecoense. E que continuará sendo o mais importante, independentemente do que acontecer nos próximos séculos. Aquela que também pode ser considerada a defesa mais determinante da Copa Sul-Americana em todos os tempos. Danilo, com o pé, negou que o San Lorenzo balançasse as redes na Arena Condá. Danilo colocou a Chape na decisão do torneio continental, como num sonho. Danilo, com o espírito de Condá, ergueu-se como monumento sob as traves e entregou à infinitude da memória os eternos campeões.

Um ano depois da defesa de Danilo, Jakson Follmann uniu sua jornada de recuperação ao gigantismo de outra lenda. O goleiro da Chape ganhou uma camisa da Juventus autografada por ninguém menos que Gianluigi Buffon, reconhecendo a história de vida e o milagre vivido pelo brasileiro. “Sempre me inspirei nesse grande goleiro. Receber esse presente é uma honra. Que felicidade!”, escreveu Follmann em sua conta no Instagram. Daquelas gentilezas que enchem o coração, especialmente em um dia no qual ele fica despedaçado pelas lembranças.

Sempre me inspirei nesse grande goleiro. Receber esse presente do @gianluigibuffon é uma honra. Que Felicidade 🙏🙏🙏🏹🏹🏹

Uma publicação compartilhada por Jakson Follmann (@jaksonfollmann) em