“Domingo, eu vou lá no Pacaembu, eu vou, eu vou, a Fiel vai invadir, vou levar foguetes e bandeiras, não vai ser de brincadeira, ele vai ser Campeão, porquê eu não quero cadeira numerada, eu vou de arquibancada pra sentir mais emoção, porquê meu time bota pra fudêêê, e o nome dele é vocês quem vão dizer, ÔÔÔ, ÔÔÔÔÔÔÔ, CORINTHIANS, ÔÔÔÔÔÔÔ, CORINTHIANS!!!”

Essa é uma das músicas que a torcida do Corinthians canta quando o time joga, uma adaptação do “Domingo Vou ao Maracanã” tão tradicional entre os cariocas. Música, claro, que terá que ser modificada para o campo novo. E é evidente que ninguém vai cantar “Domingo, eu vou lá na Arena Corinthians” ou “Domingo eu vou lá na Arena Emirates.” Vai ser “Domingo eu vou lá no Itaquerão”, mesmo. E é claro que tem que ser assim.

GALERIA: Veja como estava a Arena Corinthians em sua inauguração, e o que ainda precisa ser feito

A bronca dos corintianos com o “Itaquerão” é não só inexplicável como não faz sentido. A primeira pergunta que deve ser feita é: “Você chama o Pacaembu pelo nome oficial?” Há quem diga que sim, mas basta perguntar qual é o nome oficial para eliminar metade dos mentirosos. O Pacaembu é Pacaembu, o Morumbi é Morumbi e é assim também com os estádios Magalhães Pinto (Mineirão) e Mario Filho (Maracanã). A Allianz Arena, segundo a Wikipedia, é conhecida também como Schlauchboot, “bote inflável” (uma boa descrição de sua aparência). E há quem chame o Emirates Stadium de Ashburton Grove (bairro londrino onde ela se localiza).

Nenhum problema com a intenção do Corinthians de ganhar dinheiro com o nome do estádio. O problema aí é que dizer que não se vende o nome porque a imprensa já chama de Itaquerão. Isso apenas disfarça a incapacidade de vender o nome e o factóide criado no começo sobre os valores que poderiam ser obtidos.

A Emirates, a Allianz ou qualquer outro patrocinador está muito pouco preocupado com a maneira como eu e você nos referimos ao estádio. O que importa para o patrocinador é a chamada “exposição na mídia”. E a exposição não vai ser garantida por você chamar ou não o estádio de Itaquerão. É só ver o que a Globo faz com os times de vôlei. Pode chamar como for, a Globo não vai dizer o nome se for nome de patrocinador, a não ser que a Globo também receba sua parte.

O estádio do corintiano é o Itaquerão, e isso é um grande orgulho para time e torcida. Que os burocratas se preocupem com o nome que vai aparecer na Globo. Se eles não conseguirem outro nome, não há de ser porque o corintiano tem orgulho de sua origem e história.