A excelente campanha do Everton na Premier League se deve bastante a defesa. O setor foi o pilar do time bem armado por Roberto Martínez. É a terceira menos vazada do torneio e em 13 dos 36 jogos feitos até aqui não tomou um gol sequer. Porém, o final da temporada expôs a linha de zaga dos Toffees um pouco mais aos erros. E essa derrocada tem tudo para significar a perda da tão sonhada vaga na Liga dos Campeões. Depois da derrota para o Crystal Palace, o Everton tropeçou mais uma vez. Com dois contra, perdeu na visita ao Southampton por 2 a 0.

Foram dois lances fortuitos. Duas infelicidades de Antolin Alcaraz e Seamus Coleman, que completaram de cabeça para as próprias redes dois cruzamentos dos Saints. Foi uma partida em que o Everton também acabou anulado pelas qualidades dos adversários, que poderiam ter feito mais, não fosse um chute na trave de Rickie Lambert. Ainda assim, é um resultado para ser bastante lamentado. Se o Arsenal vencer o Newcastle na segunda-feira, no Estádio Emirates, abre quatro pontos de vantagem na quarta colocação. Fica a mais uma vitória de confirmar a classificação à Champions.

Obviamente, não dá para culpar apenas os erros da defesa nessa reta final de campanha. Os pontos são somados ao longo das 38 rodadas, os erros pontuais se espalharam para a campanha. Entretanto, ainda sim são sintomas do que Roberto Martínez precisa corrigir em sua segunda temporada à frente do clube, especialmente por essa desatenção nas bolas altas. Para que torne a briga pela Champions mais corriqueira e não faça que pontos como esses sejam tão sentidos.