O árbitro está em campo para fazer seu serviço, garantir que as regras do jogo sejam cumpridas. No entanto, há vezes quando ele poderia simplesmente não existir. Ao marcar erros absurdos, é claro, e também quando atrapalha obras-primas, como a ocorrida nesta quinta. Por uma simples interpretação, Andre Mariner anulou um dos gols mais antológicos da história da Liga Europa.

De primeira, Yoann Gourcuff acertou um lindo chute nas redes. Do meio-campo, encobrindo o goleiro Stephan Andersen. O golaço, porém, não valeu para o juizão, que viu uma falta de Bafetimbi Gomis pouco antes, em uma disputa pelo alto. Dá até para se discutir se foi mesmo falta ou se o apito fez com que o arqueiro do Betis tirasse a mão. Gourcuff, pelo menos, entrou para a história por um dos gols mais bonitos não marcados. E ainda teve o consolo da vitória por 1 a 0, com assistência dele justamente para Gomis.