A viagem de Luhansk a Bilbao não costuma ser das mais simples. E não apenas pelos mais de quatro mil quilômetros de trajeto por terra. A cidade ucraniana, na fronteira com a Rússia, segue no foco dos conflitos da região. Foi tomada por rebeldes, o que obrigou a administração “oficial” pró-Kiev se transferir a outro município. Em consequência, o Zorya também está desterrado, mandando suas partidas em Lviv. Mesmo assim, existem os torcedores que confiam na campanha do clube na Liga Europa e não deixam de acompanhá-lo por nada. Nesta quinta, seis guerreiros se aventuraram no setor visitante do San Mamés. E foram à loucura, com a vitória por 1 a 0 sobre o Athletic Bilbao.

Os bascos vivem um início de temporada caótico. Após a saída do técnico Ernesto Valverde para o Barcelona, José Ángel Ziganda não consegue preencher a lacuna e o time já vem oscilando no Campeonato Espanhol. Enquanto isso, ainda não venceu na Liga Europa. Desta vez, a torcida se decepcionou com o gol anotado aos 26 do primeiro tempo. Ihor Kharatin desviou cobrança de escanteio e determinou o triunfo do Zorya. Sobretudo, incendiou o pequeno grupo de fanáticos nas arquibancadas. A cena da rodada: