Participar da Copa do Mundo já deixou de ser um feito raro à Costa Rica. Os Ticos vão ao quinto Mundial de sua história, quatro deles neste século. Contudo, a forma como a classificação foi conquistada neste sábado potencializou a emoção. Os costarriquenhos sofriam uma frustrante derrota para Honduras, até que Kendall Watson anotou o gol do empate por 1 a 1 aos 50 do segundo tempo, já suficiente para carimbar o passaporte. A emoção exalou em campo, nas arquibancadas e principalmente na narração de Kristian Mora, da Teletica, uma emissora local.


E vale dizer que não foram apenas os costarriquenhos que entraram em transe com o gol de Watson. O empate também foi bastante comemorado pelo Panamá, que segue dependendo apenas de si para buscar uma vaga na repescagem das Eliminatórias da Concacaf. A narração abaixo é da Cable Onda Sports:

Além do mais, a vibração de Kendall Watson na entrevista à Teletica após a partida também contagia. O defensor acabou de fora da convocação final à Copa do Mundo de 2014, cortado da última lista. Apesar disso, negou que esta seja uma revanche contra Jorge Luis Pinto, ex-técnico da Costa Rica e que atualmente comanda Honduras. Preferiu focar na própria alegria, quase rasgando o terno do repórter na comemoração: