O dérbi entre Galatasaray e Fenerbahçe é considerado por muita gente como o maior do mundo. E os motivos são bastante compreensíveis. A rivalidade entre a parte europeia e a parte asiática de Istambul vem de muito antes do futebol existir – aliás, antes mesmo da cidade ter esse nome. Duas potências do futebol local, que contam com torcidas fanáticas. Clássico que teve mais um episódio memorável neste domingo, quando o Galatasaray venceu por 1 a 0, na Türk Telecom Arena – diminuindo a diferença na tabela entre os dois clubes, que atualmente é de sete pontos de vantagem para o líder Fener. E Felipe Melo foi o protagonista da noite.

Não é à toa que a torcida do Galatasaray idolatra Felipe Melo. Mais do que as boas atuações que acumula desde que chegou ao clube, o meio-campista se doa à camisa como ninguém. O Pitbull já chegou até a jogar no gol e defender pênalti para salvar a equipe. E desta vez foi peça importante para desestabilizar o Fenerbahçe no dérbi. A foto que abre esse texto é simbólica. Felipe Melo mostrou a língua para Emre Belozoglu, capitão e ídolo dos rivais que foi expulso no primeiro tempo ao receber o segundo amarelo justamente por uma falta dura no brasileiro. E não foi só para o adversário que ele fez isso, como o vídeo abaixo mostra.

Mais do que isso, Felipe participou diretamente do gol da vitória, ajeitando a bola para Wesley Sneijder estufar as redes. De tanto morder os adversários, o cão de guarda acabou expulso no final da partida ao receber o segundo cartão amarelo. Nada que atrapalhasse a vitória ou a sua idolatria. Felipe Melo saiu de campo ovacionado pela torcida do Galatasaray. Uma sensação para poucos. E que até cria uma pontinha de ciúmes em relação aos turcos. Fala a verdade: você não gostaria de ter um Felipe Melo no seu time? Não fossem os momentos em que ele costuma perder a cabeça (e que não são poucos), certamente o volante seria uma unanimidade.